Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022
Manacapuru

Delegada pede prisão de mãe e padrasto: 'Encontramos alguns pontos obscuros'

“Estávamos trabalhando com o desaparecimento, mas no decorrer das investigações nós encontramos alguns pontos obscuros", disse a delegada Roberta Merly. Gabriel Souza Chaves, 11 anos, está desaparecido desde o dia 11 de novembro



Sem_titulo__15__2051BDB2-6E7E-4B56-B283-5E96E32E0282.jpg Foto: Erisson Araújo
30/11/2021 às 16:58

A delegada Roberta Merly, da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru pediu nesta terça-feira (30), a prisão temporária da mãe e do padrasto do pequeno Gabriel Souza Chaves, 11 anos, que desapareceu no último dia 19 de novembro na comunidade Vila Jacaré, na Zona Rural de Manacapuru. Michele dos Santos Souza, 23 e Francisco Delfim Tales, 54, foram presos ainda nesta manhã.

“Estávamos trabalhando com o desaparecimento, mas no decorrer das investigações e após uma reunião realizada no último domingo (28), com a equipe que retornou e estava na mata nesta comunidade, nós encontramos alguns pontos obscuros, que não fechavam e foram justamente esses pontos que motivaram o pedido da prisão temporária”, disse a delegada, que nesta terça a ordem judicial foi cumprida pela Polícia Civil.



Segundo ela, mais informações não serão repassadas para não atrapalhar as investigações da Polícia Civil.

Força-Tarefa

Após a informação de desaparecimento do garoto no dia 21 de novembro, a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), por meio, da Companhia Interativa de Polícia de Cães (CIP Cães), agentes do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) realizam uma operação em busca da criança.

História

De acordo com a conselheira tutelar de Manacapuru Milca Ruiz, um irmão do menino contou que na sexta-feira (19), por volta das 8h, os dois estavam em casa assistindo televisão, quando o padrasto chegou, e desligou o aparelho dizendo que as crianças já tinham assistido muito desenho e que agora era a vez dele assistir os seus programas preferidos.

Gabriel ficou contrariado com a atitude do padrasto, saiu levando um terçado e foi acompanhado pelos cachorros da casa. O menino entrou na mata e não retornou mais, apenas os cachorros voltaram. A família passou a fazer buscas pelo menino, porém, não o encontraram.

*Colaborou Joana Queiroz


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.