Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
Sim & Não

Omar presta depoimento amanhã


omar_2F094920-9E20-4F5F-B774-4912072C2031.jpg
22/07/2019 às 07:23

O ex-governador e senador Omar Aziz (PSD) irá prestar depoimento à Polícia Federal amanhã, na sede da superintendência. O líder da bancada federal do Amazonas foi um dos alvos de mandados de busca e apreensão da Operação Vertex, desdobramento da Maus Caminhos. De acordo com a defesa do senador, representada pelo escritório jurídico Simonetti & Paiva, o horário em que o parlamentar irá prestar o depoimento ainda será confirmado.

Delação Em 2018, Nejmi e Omar Aziz foram citados por uma delatora na investigação da Maus Caminhos. Omar negou parentesco com Mouhamad Moustafa, principal alvo da primeira fase da operação, ocorrida em setembro de 2016. Nejmi e três irmãos do senador foram presos pela PF na sexta passada.

Protesto Funcionários das empresas Total Saúde, Salvare e Instituto Novos Caminhos marcaram para hoje, a partir das 7h, um protesto em frente ao Ministério Público do Trabalho para reivindicar o pagamento de dívidas trabalhistas deixadas pelas empresas investigadas pela Maus Caminhos.

Direitos “Estamos nos mobilizando para reivindicar nossos direitos trabalhistas. Causas ganhas, mas que correm o risco de ficarem engavetadas ou serem negociadas de maneira escusa, se não lutarmos em prol”, diz trecho da convocação.

Repasse O convite segue afirmando que os desvios foram comprovados, os culpados identificados, bens apreendidos e alguns leiloados. “Então, que seja repassado o que nos é devido”, conclui.

Cópias A Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) gasta R$ 54,3 mil mensal com a contratação de serviços de impressão, gerenciamento de impressões e manutenção de  equipamentos. O extrato do segundo termo aditivo ao contrato foi publicado no Diário Oficial da ALE-AM da última sexta-feira. O contrato  com a empresa Amazonas Copiadoras Ltda tem vigência de 12 meses.

Semelhança Na Câmara Municipal de Manaus tramitam três projetos de lei que preveem a proibição da distribuição ou venda de sacolas plásticas em estabelecimentos comerciais da capital. As propostas, dos vereadores Diego Afonso (PDT), Fransuá (PV) e Mirtes Salles (PL), apresentam conteúdos semelhantes.

Sacolas Na proposta de Diego Afonso poderão ser distribuídas sacolas biodegradáveis e reutilizáveis ou a venda por R$ 0,05. Fransuá também defende as sacolas biodegradáveis e de compostável. Os dois projetos estipulam a multa de 10 Unidade Fiscal Municipal (UFM), o equivalente a R$ 1.054.

Biodegradáveis O projeto de Mirtes Salles restringe a concessão gratuita de duas sacolas biodegradáveis, de 10 quilos cada, e a possibilidade de compra de novas unidades. Ainda estabelece aos infratores as penalidades: notificação, multa de mil reais e, em caso de reincidência, valor dobrado, interdição do estabelecimento e cassação do alvará.

Pesar Faleceu no último sábado, às 17h, na cidade de João Pessoa, aos 70 anos, a senhora Elicele Macedo Gazek, ex-colaboradora do setor administrativo da Rede Calderaro de Comunicação.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.