Publicidade
Sim & Não

José Ricardo faz segredo e ala petista prega ‘nulo’

11/08/2017 às 21:09 - Atualizado em 11/08/2017 às 21:11
Show show img0017437986

O Partido dos Trabalhadores se reúne hoje pela manhã no Sindicato dos Petroleiros, às 9h, para se posicionar oficialmente sobre o segundo turno da eleição suplementar do governo. Há uma forte tendência para que a sigla se mantenha neutra e não apoie nem Amazonino Mendes (PDT) nem Eduardo Braga (PMDB). Ambos contam com o apoio de alguns petistas desde o primeiro turno, quando o deputado estadual José Ricardo ainda disputava a preferência do eleitorado.

Sete chaves

José Ricardo faz segredo sobre sua manifestação acerca dos candidatos que disputam o segundo turno, mas a corrente interna a que ele pertence, no PT, defende neutralidade na segunda etapa da disputa eleitoral.

Nulo

Já militantes petistas de Parintins, Barreirinha e Manaus, além do núcleo do PT Petrópolis, apresentam hoje na reunião do partido um manifesto  pelo “Voto 13” no segundo turno - que seria uma forma de protesto contra a “velha política”.

Libera!

Os grupos que se dividem entre Amazonino Mendes e Eduardo Braga defendem que os filiados sejam liberados para atuar na campanha de quem quiser.

Prático

O cabeleireiro e comerciante Jardel Destrudes (PPL) deu mostras de que, em pouco tempo na política, aprendeu rapidinho o que é pragmatismo.  O ex-candidato ao governo, que recebeu 3.362 votos na eleição suplementar, disse que vai apoiar quem, segundo ele, ganhará a disputa. 

‘Transparência’

“A gente se alia com quem vai ganhar, para que a gente possa ajudar o povo. Se ele fizer isso, eu estou com Amazonino. A gente tem que ter uma aliança com alguém pra se manter vivo na política”, sustentou. “Amazonino já fez Eduardo Braga, já fez muitos que estão aí, porque ele futuramente não ajudaria eu (sic), que não pertenço a nenhum grupo?”. 

Acontece

O nível natural de estresse dentro das campanhas políticas provocou uma animosidade entre Amazonino Mendes (PDT) e o prefeito Artur Neto (PSDB). Mas já passou. 

Gazeteiros

A disputa eleitoral continua consumindo o tempo dos deputados estaduais. Há duas semanas, o Poder Legislativo não consegue reunir quórum suficiente para as votações. A maioria registra presença em plenário, mas foge em seguida para a campanha.

Modelo

Em entrevista ao canal de José Trajano no YouTube, o ex-ministro Ciro Gomes, do PDT, disse, orgulhoso, que a esquerda fora de São Paulo não enfrenta problemas. Tanto que, no Amazonas, citou Ciro, “nós estamos ganhando as eleições”. Ele se referia à dianteira de Amazonino Mendes na disputa com Eduardo Braga.

Reação

O presidente da Comissão da Zona Franca de Manaus da OAB/AM, Eduardo Bonates, defendeu, em entrevista ao programa Manhã no Ar, da TV A Crítica, ação direta de inconstitucionalidade no STF para restabelecer as vantagens comparativas da Zona Franca, retiradas pela lei sancionada esta semana pelo presidente  Michel Temer.

Avalista

Bonates argumentou que o Supremo vem sendo o principal “defensor da ZFM” e não tem dúvida de que, se acionado, mais uma vez dará vitória ao polo industrial da região.