Sexta-feira, 30 de Outubro de 2020
Sim e Não

Impugnado, Chico diz ser perseguido


chicopreto16_572F61C3-AB73-4D23-A7AF-27051D8C217E.jpeg
01/10/2020 às 08:24

O vereador e candidato a prefeito de Manaus pelo Democracia Cristã (DC), Chico Preto, foi único impugnado até ontem pelo Ministério Público Eleitoral. O promotor Francisco Campos, que assina a decisão, afirma que o candidato está inelegível por conta de uma condenação pelo TRE em 2017. No entanto, no processo por conduta vedada,  Chico foi condenado a pagar multa de R$ 25 mil. “Não fiquei inelegível. Essa decisão do promotor é inadimissível. Começo a pensar  que está faltando trabalho no MP”, disparou.

TRE  O processo do Tribunal Regional Eleitoral citado pelo promotor trata do uso de servidor público para fim de campanha eleitoral. “Isso é perseguição. Sou um candidato totalmente ficha limpa e estão querendo dificultar a minha campanha. Vou aguardar a notificação e me defender”, completou o vereador.  

Intimado  Já o deputado federal e também candidato a prefeito de Manaus, Capitão Alberto Neto (Republicanos), foi intimado pelo MPE por irregularidades na entrega de documentação para candidatura. A instituição deu três dias, a contar da segunda-feira, para que ele apresente o restante da documentação.   

Margem dos 5% Depois de ser cobrado diariamente pelos eleitores, Alberto Neto gravou ontem um vídeo para falar do PL 2017/2020, que prevê o aumento da margem consignável em 5%. Segundo ele, o presidente Jair Bolsonaro sinalizou que assinará a medida. “A qualquer momento a MP pode sair”, disse ele, que tomou posse como um dos vice-líderes do Governo na Câmara. 

Ficando em forma O vereador Rosinaldo Bual (PMN) faltou sessão plenária ontem na CMM para ir à academia. Nos stories do Instagram, o parlamentar escreveu “começando o dia”, caminhando em uma esteira e sem usar máscara. Bual deve estar querendo ficar em forma para a campanha, já que também tentará a reeleição. 

Abusiva  Em almoço de empresários com o candidato Romero Reis (Partido Novo) na última terça-feira, o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus, Ralph Assayag, se mostrou insatisfeito com a postura da Prefeitura de Manaus com o que chamou de "fiscalização abusiva e aplicação de multas pesadas" aos empresários do setor de bares e restaurantes, tais como cafeterias, padarias, restaurantes, bares, peixarias, pizzarias.

Proposta  Na mesma semana em que o presidente Jair Bolsonaro sancionou lei que aumenta punição para quem maltratar animais, a deputada estadual Joana Darc (PL) apresentou projeto de lei que obriga quem agredir, atropelar ou qualquer danos a animais a arcar com todo o tratamento veterinário. O Projeto de Lei estadual ainda será votado. 

Plano de mídia A Comissão de Fiscalização da Propaganda Eleitoral (TRE-AM) convidou as coligações eleitorais, partidos  e a NET para reunião na próxima terça-feira, onde serão tratados assuntos pertinentes à sala de transmissão do horário eleitoral gratuito na rádio e televisão. 

Hospital para idosos O candidato a prefeito pelo Patriota, Coronel Menezes, disse que a construção de um hospital para atender idosos e a implementação do programa “Remédio em Casa” são algumas das principais propostas para saúde que constam no Programa de Governo. O candidato  já havia dito que, caso eleito, criará quatro escolas cívico-militares municipais.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.