Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020
Sim e Não

Definição estratégica de PPBs


General_Polsin_CMA-e1592303531604_C26FCDC9-96D4-4058-863E-14540F728307.jpg
01/07/2020 às 08:32

Em sua primeira participação na reunião do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), o superintendente da Suframa Algacyr Polsin reconheceu o desafio que a definição de PPBs representa. Ele sugeriu uma atitude mais ativa em relação a esse tema, com o próprio Estado propondo PPBs para itens de interesse para a região. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jorio Veiga, sugeriu de pronto a fabricação de micro e mini turbinas eólicas.  

Dificuldade   O superintendente da Suframa Algacir Polsin admite, porém,  que a melhoria no processo de análise e aprovação dos PPBs só ocorrerá se houver sinergia na região entre as lideranças empresariais e políticas. “Contem comigo para ser mais um elo. Vamos priorizando o que deve ser feito para mudar o que deve ser mudado”, disse o superintendente.  

Relojoeiro   Durante a reunião do Codam, o secretário Jório Veiga ressaltou que alguns segmentos do Polo Industrial de Manaus continuarão sofrendo enquanto as atividades econômicas nas regiões Sul e Sudeste não puderem ser reabertas. O polo relojoeiro do PIM, por exemplo, continua com as fábricas fechadas por falta de demanda do mercado.

Crime ambiental    A invasão de uma grande área no Distrito Industrial 2 - com desmatamento e queimadas - não vem encontrando nenhuma resistência dos órgãos oficiais por causa de um impasse sobre competências. Como é uma área federal, os órgãos do Estado sustentam que não têm poder de intervenção. 

Denúncia   O caso foi relatado pelo deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) na sessão virtual de ontem da Assembleia Legislativa do Estado. Diante do impasse, Serafim apela para que o novo superintendente da Suframa, general Algacir Antônio Polsin, adote as providências necessárias para combater essa invasão. 

Bicicletas  O deputado estadual João Luiz (Republicanos) propôs, ontem,  à Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) a disponibilização de linhas de crédito exclusivas para aquisição de bicicletas, que para o parlamentar, podem contribuir economicamente como ferramenta de trabalho e geração de renda.

Urucu  A deputada estadual Mayara Pinheiro (PP) manifestou preocupação com o projeto de desinvestimento da Petrobras, que pretende vender as operação de gás natural no Amazonas. Ela teme que uma interrupção nas operações em Coari tenha impactos negativos na arrecadação dos municípios de Coari e Tefé, onde está concentrada a maior parte das operações da estatal. 

Royalties  A preocupação da deputada se justifica, já que seu município, Coari, tem nos royalties pagos pela Petrobras  sua principal fonte de receita. Só no primeiro semestre, Coari já recebeu R$ 29,1 milhões em royalties pela exploração de petróleo e gás natural na Província Petrolífera de Urucu, localizada naquele município. 

Imposto de Renda   A Receita Federal no Amazonas superou a meta de declarações do Imposto de Renda esperadas para o exercício de 2020. Até as 17h de ontem, último dia para entrega do documento, 341.324 declarações já haviam sido enviadas ao sistema da Receita.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.