Sexta-feira, 30 de Outubro de 2020
Sim e Não

Cotão é uma das vantagens na campanha


17997CED-B9C8-4C99-8CCA-DFB23ACB9007_286354A9-5A5D-48D6-82F9-1C6E88AD2977.jpeg
27/09/2020 às 08:17

Quase todos os vereadores de Manaus estão concorrendo à reeleição. Com isso, vem à tona o uso das vantagens do cargo em prol da própria campanha contra os estreantes – que muitas vezes só contam com o fundo partidário ‘dividido em mil fatias’. Além dos comissionados, que viram cabos eleitorais neste período, a Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar é mais uma das vantagens. Sem fiscalização para saber se os políticos estão utilizando a verba para campanha, resta acreditar na “boa fé” dos candidatos.  

Gastos  
Mensalmente, cada vereador recebe o valor de R$ 18 mil para gastos extras - sem contar com o salário e a verba do gabinete. No setor de transparência do ‘Cotão’ no site da CMM, a prestação de contas, feita pelos próprios parlamentares, vai só até o mês de julho. Teve vereador que, só neste último mês registrado, chegou a gastar mais de R$ 10 mil com gráfica para “divulgação de trabalho parlamentar”.  

Na ativa  
A CMM informou, por nota, que em hipótese alguma a cota é utilizada diretamente na campanha eleitoral. “Os vereadores que são candidatos podem, sim, de acordo com a legislação vigente, utilizar a cota nas suas atividades parlamentares, mas, não podem utilizá-la para a divulgação de suas atividades parlamentares nos cento e vinte dias anteriores à eleição”. 

Revisto 
Presidente da CMM, vereador Joelson Silva (Patriota) entende que “futuramente essa norma deveria ser revista”. “Não seria justo o uso da Ceap nesse período, o que colocaria quem tem mandato em vantagem contra quem não tem. Sou contra e não vou usar”, afirmou. 

Esclarecimento 
Sobre nota publicada na última sexta-feira, a esposa do pré-candidato a prefeito, Capitão Alberto Neto (Republicanos), Fernanda Cavalcante, esclareceu que não se intitula como primeira-dama. “Não sou primeira dama e nem pretendo ser tratada como tal”.

Respeito 
O encontro com mulheres pré-candidatas dos partidos Republicanos, PMN e PTB, do qual Fernanda participou na última quinta-feira, teve como objetivo debater ideias e temas políticos atuais. “Nas reuniões que fazemos sou tratada com muito respeito, como qualquer cidadão e mulher deve ser tratada.”. 

Gratuita   
Na próxima terça-feira será realizado o Webinar INDT com o tema “Como fazer a transição de sua indústria para a Manufatura 4.0”. Com inscrições gratuitas, o evento online é realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT) em parceria com a Schneider Electric e participação especial da Suframa.

Em Itamarati 
O Ministério Público do Amazonas ,pela Promotoria de Justiça de Itamarati, ajuizou Ação Civil Pública  por improbidade administrativa contra o ex-prefeito João Medeiros Campelo, que aponta irregularidades na prestação de contas no exercício de 2011. Consta que, durante sua gestão foram realizadas despesas de R$ 76.120,00, sem que fosse realizado processo licitatório, inexigibilidade ou dispensa de licitação. 

UEA e DPE 
A Defensoria Pública do Estado do Amazonas e a Universidade do Estado do Amazonas firmaram um Acordo de Cooperação Técnico-Financeira para a execução de curso de especialização lato sensu em Direito Público, destinado aos defensores, servidores e estagiários da instituição. 

Aleam monitorada 
A Fundação em Vigilância Sanitária  continua monitorando a Assembleia Legislativa do Amazonas, desde a semana passada, após vários funcionários  testarem positivo para Covid-19.

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.