Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020
Sim e Não

AM fica em terceiro em desemprego


n_40805_474e38e2114da7ca2d4d04dac567c8fe_D061E48A-B709-43FB-A10F-63274DB67410.jpg
24/10/2020 às 08:59

O Amazonas teve o terceiro pior resultado do Brasil na taxa de desemprego em setembro, chegando  a 18,2% de desempregados (301 mil)  de acordo com a Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios (Pnad) Covid-19, desenvolvida pelo IBGE. Pelo índice, o Estado fica atrás apenas da Bahia (19,6%) e do Maranhão (19,2%). Ainda no AM, havia 1,34 milhão de pessoas ocupadas no mês da pesquisa, dentre as quais 494 mil (36,6%) eram pessoas que trabalhavam por conta própria.  

Informalidade - Destas 1,34 milhão de pessoas ocupadas em setembro, no Estado, 700 mil pessoas estavam ocupadas na informalidade, superando as 641 mil pessoas ocupadas em maio. Isto significa que mais da metade (51,9%) das pessoas ocupadas no Amazonas estavam trabalhando informalmente.

Testes - A mesma Pnad mostrou, ainda, que até setembro 10,2% da população do Amazonas realizou algum teste para diagnóstico da Covid-19 desde o início da pandemia. Desse total, 167 mil, ou 4,1% da população, testaram positivo para a doença causada pelo novo coronavírus.

Conciliação - O Poder Judiciário do Estado do Amazonas promoverá, entre os dias 30 de novembro e 4 de dezembro deste ano, uma nova edição da Semana Nacional da Conciliação (SNC). A ação é um esforço concentrado dos Tribunais de Justiça (Estaduais, do Trabalho e Federais) para motivar a realização de acordos por partes processuais

Gás mais caro - A molécula de gás natural terá 1º de novembro um reajuste superior a 30%. Com revisão trimestral, o preço da molécula já tem, na média acumulada, um aumento real de 2,6%. Ou seja, o gás de cozinha, que hoje custa uma média de R$ 70 (13 quilos), encarecerá.

Falta concorrência  - O suprimento ainda é concentrado na Petrobras. Outros agentes do setor ainda não têm acesso aos gasodutos que escoam e transportam o gás produzido, inclusive no Amazonas.

Com celular  - O candidato Romero Reis, da chapa Manaus tem Pressa (partido NOVO) tem feito seu programa eleitoral com um smartphone. A estratégia, de acordo com a assessoria do candidato, é para se aproximar  o eleitor que está nas redes sociais e simplificar a comunicação na campanha.

Trava na beleza 1 - Depois que Arthur postou vídeo dizendo que Manaus estava “travada na beleza”, com direito a pose com os dedinhos, aproveitando de um meme que circula na internet, o candidato do PT Zé Ricardo não perdeu a oportunidade de ironizar.

Trava na beleza 2 - Zé Ricardo postou: “Olha só do que o prefeito atual está falando quando a cidade está ‘travando na beleza’”. E mostrou vídeo do esgoto da Feira da Panair sendo despejado diretamente no Rio Negro.

Passe Livre  -  Dois candidatos têm abordado, constantemente, o assunto do passe livre em seus programas eleitorais. Sem conhecer os custos das empresas e afirmando não ter “nenhum amigo dono de empresa de ônibus”,  Ricardo Nicolau (PSD) promete que liberará estudantes da rede municipal de pagarem passagem no horário das aulas. 

Passe Livre 2  -  Mais realista, o candidato pelo PT, Zé Ricardo, disse que abrirá a “caixa preta” do transporte público coletivo e que baixará a passagem para estudantes para R$ 1. Segundo  ele, o passe livre também será implementado, mas somente  após algumas mudanças no sistema. 

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.