Terça-feira, 14 de Julho de 2020
NOVA REALIDADE

Sepultamentos coletivos são rotina em Manaus; empilhamento de caixões é descartado

Manaus registrou mais 118 óbitos e 109 sepultamentos nessa segunda-feira (27). Enterros estão sendo realizados em sistema de trincheira, com um caixão ao lado do outro, segundo a Prefeitura de Manaus



12d04e96-2745-49df-9b40-a865b1dc77af_2770E2E8-A79E-4F65-B302-65FBF33C1371.jpg Foto: Junio Matos
28/04/2020 às 12:39

A segunda-feira (27) em Manaus registrou mais 118 óbitos e 109 sepultamentos nos cemitérios da cidade. Os números da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) constatam uma nova realidade diária na capital amazonense: os enterros coletivos foram normalizados. A prática de abrir valas comuns para o sepultamento de caixões que ficam lado a lado virou algo comum de se ver no dia a dia dos cemitérios durante os efeitos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que afeta diretamente o sistema de saúde do estado.

Números da Semulsp indicam que desde o dia 19 de abril, quando a barreira dos 100 sepultamentos foi ultrapassada pela primeira vez durante a pandemia, o número de enterros se mantém na casa da centena. A exceção foi o sábado (25), quando a secretaria registrou 98 sepultamentos, mas que logo foi superado pelos 140 sepultamentos de domingo, recorde até agora.



Do total de mortes, 31 foram em domicílio e nove famílias optaram pela cremação, sendo realizados 109 sepultamentos. Entre as causas de morte, dez apresentaram confirmação para a Covid-19, 30 foram registradas como causa desconhecida, mal definida ou indeterminada e outras 47 tiveram no atestado síndrome ou insuficiência respiratória, dentre outros fatores.


Sepultamentos coletivos são a nova realidade em cemitérios de Manaus. Foto: Junio Matos

Em números

09/4 – 39 sepultamentos 39 / 3 por Covid-19

10/4 – 47 sepultamentos / 5 por Covid-19

11/4 – 51 sepultamentos / 10 por Covid-19

12/4 – 64 sepultamentos / 6 por Covid-19

13/4 – 58 sepultamentos / 5 por Covid-19

14/4 – 64 sepultamentos / 4 por Covid-19

15/4 – 88 sepultamentos / 7 por Covid-19

16/4 – 75 sepultamentos / 4 por Covid-19

17/4 – 96 sepultamentos / 3 por Covid-19

18/4 – 89 sepultamentos / 6 por Covid-19

19/4 – 122 sepultamentos / 6 por Covid-19

20/4 – 104 sepultamentos / 9 por Covid-19

21/4 – 136 sepultamentos / 4 por Covid-19

22/4 – 120 sepultamentos / 7 por Covid-19

23/4 – 135 sepultamentos / 12 por Covid-19

24/4 – 128 sepultamentos / 13 por Covid-19

25/4 – 98 sepultamentos / 6 por Covid-19

26/4 – 140 sepultamentos / 10 por Covid-19

27/4 - 109 sepultamentos / 10 por Covid-19


Prefeitura descartiu o empilhamento de caixões, que devem ser sepultados lado a lado. Foto: Junio Matos

Mudanças canceladas

Por meio de nota, a Prefeitura de Manaus informou que desistiu de utilizar o sepultamento em sistema de camadas (caixões empilhados) no cemitério do Tarumã, na Zona Oeste. Conforme o órgão, o modelo de trincheiras, como já vinha ocorrendo, com os caixões lado a lado será mantido para a preservação da identidade dos corpos e o vínculo das famílias. A disponibilidade do crematório também continua, com famílias assinando autorização e realizando agendamento no posto de atendimento do crematório, localizado no próprio local.

Do total de mortes, 31 foram em domicílio e nove famílias optaram pela cremação, sendo realizados 109 sepultamentos. Entre as causas de morte, dez apresentaram confirmação para a Covid-19, 30 foram registradas como causa desconhecida, mal definida ou indeterminada e outras 47 tiveram no atestado síndrome ou insuficiência respiratória, dentre outros fatores.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Tudo sobre o Coronavírus



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.