Sexta-feira, 05 de Junho de 2020
CASO KIMBERLY

Rafael Fernandez planeja fugir para a Espanha, diz delegado Paulo Martins

A autoridade policial, presumiu que Rafael, de maneira estratégica, pretende chegar à Venezuela (VE), pela fronteira localizada na cidade de Pacaraima (RR), município distante 192 quilômetros em linha reta de Boa Vista (RR)



PAULO_MARTINS_55EE12E7-7A87-468C-8977-1CB577D6A78E.jpg Registro feito antes do isolamento social Foto: A Crítica
14/05/2020 às 13:36

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) suspeita que o analista judiciário Rafael Fernandez Rodrigues, 31 anos, principal suspeito pelo homicídio da Miss Manicoré e técnica em enfermagem, Kimberly Karen Mota, 22 anos, planeja chegar à Espanha, analisou o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), delegado Paulo Martins.

A autoridade policial presumiu que Rafael, de maneira estratégica, pretende chegar à Venezuela (VE), pela fronteira localizada na cidade de Pacaraima, município distante 192 quilômetros em linha reta de Boa Vista (RR).



“Estamos presumindo que a intenção dele é entrar na Venezuela. E desse país seguir fugindo par a Ilha de Margarita e, posteriormente, pegar um voo rumo à Espanha”, pontuou o delegado Paulo Martins em coletiva de imprensa realizada hoje (14) na sede da DEHS.

Kimberly e Rafael namoraram por três meses. Ela terminou o relacionamento e na terça-feira (12) foi encontrada morta no apartamento do ex-namorado. Foto: Arquivo Pessoal

Carro encontrado

O carro do analista judiciário do Tribunal Regional do Trabalho (TRT11) foi encontrado capotado em uma curva na entrada do Parque Nacional do Viruá, na BR-174, situada no estado de Roraima (RR).

“Ele (Rafael) dirigia em alta velocidade na estrada, quando o veículo capotou aproximadamente 30 quilômetros antes de Caracaraí”, disse Martins. O município de Caracaraí está distante 121 quilômetros em linha reta de Boa Vista (RR) e a 295 quilômetros de Pacaraima.  

Segundo as imagens divulgadas, o carro, modelo Audi AG, de cor branca, da fabricante Volkswagen, de placas não identificadas, ficou totalmente destruído.  Após o acidente, o suspeito pediu ajuda de um caminhoneiro, que o levou até o município de Caracaraí. Da cidade, ele pegou um táxi até a capital de Roraima, Boa Vista.

De Boa Vista, o suspeito pegou outro táxi e seguiu para Pacaraima. O delegado espera que o foragido ainda não tenha atravessado a fronteira, o que permita à polícia prendê-lo ainda no Brasil.

Carro de Rafael Fernandez encontrado hoje (14) na estrada de Caracaraí (RR) Foto: Reprodução


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.