Sexta-feira, 30 de Outubro de 2020
eleições

Convenções confirmam candidatos a prefeito de Manaus até dia 16

Partidos políticos fazem movimentações de última hora para definirem as chapas que vão correr à Prefeitura de Manaus



trio_870A5B10-2045-4125-B149-50EC941738B3.JPG O ex-deputado Davi Almeida é o nome do Avante; o ex-governador Amazonino Mendes volta à cena pelo Podemos; e o deputado federal José Ricardo Wendling é a aposta do PT para disputar a prefeitura. Fotos: Foto: Arquivo A Crítica

Desde o dia 31 de agosto, data escolhida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para o início das convenções partidárias, apenas o Democracia Cristã (DC) já realizou a convenção partidária que definiu como vice-prefeito ao lado de Chico Preto, Tenente Coronel Augusto Cézar “Pitbull”.

Neste domingo (6), é a vez do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) realizar convenção no modelo híbrido. Durante o evento, o nome do advogado Marcelo Amil será oficializado, bem como a sua parceira de chapa e pré-candidata a vice prefeita, Dora Brasil numa chapa “puro sangue”



O Avante realizará a convenção no dia 8 de setembro em formato drive-in em que pré-candidatos participarão de dentro de seus carros do lançamento oficial das candidaturas. Segundo o presidente estadual da sigla e pré-candidato a prefeitura de Manaus, o ex-deputado David Almeida, no local, que ainda será divulgado, haverá um palco para um apresentador confirmar as participações e as assinaturas serão projetadas em um telão.

O PL, PSOL, PSTU e PRTB irão realizar o evento na modalidade virtual. O PSOL e PSTU marcaram a reunião para o dia 12, enquanto o PL e PRTB no dia 16. O deputado estadual Josué Neto foi confirmado no dia 31 de agosto pelo seu partido, o PRTB, como pré-candidato à prefeitura.

O PMN irá realizar convenção no dia 15 no auditório da sua sede, no Vieiralves, e com a participação dos filiados através de plataformas de videoconferência.

O PSL, cortejado por ter o segundo maior tempo de TV e por reunir apoiadores de Jair Bolsonaro, informou que haverá a reunião com número limitado de participantes com transmissão online através das redes sociais do partido. A legenda não definiu a data do evento.

Democracia Cristã

No primeiro dia do prazo para realização de convenção partidária, o DC já oficializou tenente coronel Augusto Cézar. A coletiva realizada na sede do partido, no bairro Chapada, contou com membros do partido e pré-candidatos à Câmara Municipal de Manaus.

O oficial afirmou seu compromisso com trabalho e defendeu que caso eleito, “não ficará preso em gabinete”. De acordo com Augusto, sua experiência será um diferencial na campanha.

O pré-candidato à prefeitura, Chico Preto, defendeu que não irá responder a possíveis críticas que possam vir.

O vereador disse também que o atual prefeito Artur Neto optou por criar uma “figura contra o presidente Bolsonaro” e que isso atrapalhou as relações do município com o Governo Federal. “O Artur preferiu conversar com uma pirralha de 16 anos do que conversar com o Bolsonaro”, falando sobre o diálogo entre Artur e a ativista ambiental sueca Greta Thunberg.

Chico defendeu que a prefeitura tem sido burocrática e que essa ação viabiliza ações de corrupção. O pré-candidato defendeu que quer lançar, caso eleito, um programa que zera o ITBI e constrói com programa com o TJAM para que as taxas cartorárias diminuam. “Está ao alcance da prefeitura um programa para que as pessoas possam empreender”, disse.

TSE

A Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de nº 23.623/2020 estabeleceu que os partidos poderão realizar suas convenções em formato virtual, no período de 31 de agosto a 16 de setembro, para atender às recomendações médicas e sanitárias impostas pela pandemia, não aglomerar pessoas e evitar a disseminação do vírus. Segundo o TSE, as legendas devem garantir ampla publicidade, a todos os seus filiados, das datas e medidas que serão adotadas.

Patriota escolhe Menezes

O Patriota confirmou ontem o ex-superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), coronel Menezes, como pré-candidato à Prefeitura de Manaus e retirou a pré-candidatura do presidente estadual do partido, deputado Felipe Souza.

O anúncio foi feito no início da tarde de ontem na sede do partido, no Bairro Nossa Senhora das Graças. Menezes já despontava como pré-candidato pelo Patriota desde junho.

Na ocasião, a candidatura de Menezes foi contestada por não constar na lista de filiados, como atestou documento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Coronel Menezes é padrinho de casamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e foi nomeado para Suframa no início do ano passado.

Durante a coletiva, tanto Menezes quanto Felipe Souza foram enfáticos ao reforçar as bandeiras do Patriota. Souza afirmou que Menezes é o único candidato que tem o “DNA do presidente Bolsonaro” em Manaus.

Já declarado como pré-candidato do Patriota, Menezes disse que não tem amarras “com nenhum desses cinco políticos que representam uma oligarquia que domina o estado do Amazonas há mais de 40 anos”.

Menezes voltou a se firmar como candidato da “nova política” e disse que a suposta “velha política” não tem quadros competentes para gerir a “máquina pública” da capital.

O pré-candidato aparece nas pesquisas de intenção de voto com menos de 1% das intenções voto. Sobre a rejeição, Menezes é o 11° nome neste ranking.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.