Terça-feira, 07 de Dezembro de 2021
Agradecimento

Conselho regional presta homenagens aos médicos e médicas do Amazonas

No dia 18 de outubro é comemorado o Dia do Médico



6D2308BA-75F6-4F18-BBC6-80A56D30D882_F493EF1E-4EFD-4A7B-8088-3392225DE724.webp Foto: Brunk Keully/Reuters
18/10/2021 às 09:00

Comemorar no dia 18 de outubro, o Dia do Médico é uma data especial para a sociedade reconhecer e homenagear o trabalho destes profissionais que dedicam a vida ao bem-estar e a minimização dos pacientes. 

A data simbólica serve para agradecer a todos os médicos e médicas das mais variadas especialidades que se sacrificaram e dedicaram em cuidar cada paciente.



E é com esta mensagem de agradecimento e respeito que o a diretoria do Conselho Regional de Medicina do Estado do Amazonas (CRM-AM) deseja a todos os médicos e médicas nesta data especial. Profissionais que foram e ainda são tão essenciais à vida de todos os amazonenses.

"O CRM-AM parabeniza todos os médicos do Amazonas pela luta diária e árdua, principalmente, nos tempos em que estamos vivendo, com uma doença até então desconhecida, que levou familiares, amigos, parentes, pacientes, que gerou crise econômica, que desestabilizou mentalmente, não só nós médicos, como os demais profissionais da saúde que nos acompanham na linha de frente", agradece a diretoria.

Diretoria do CRM-AM, cuja gestão é presidida pelo médico Emanuel Jorge Akel Thomas de Lima | Foto: Divulgação/CRM-AM

"Ser médico é um desafio diário, é nossa obrigação se atualizar constantemente, abdicar de momentos com a família, amigos, finais de semana, natal e feriados e trabalhar, muitas vezes, em condições precárias, com a missão honrosa de cuidar do próximo", acrescenta.

Saúde mental dos profissionais

De acordo com estimativa do Conselho Federal de Medicina, mais de 850 médicos morreram por covid-19 no Brasil e, apesar disso, muitos profissionais não mediram esforços para continuar na linha de frente da pandemia, o que causou desgaste físico e mental em muitos médicos.

"Não podemos nos esquecer de cuidar da saúde mental, os transtornos mentais nos profissionais da saúde se acentuaram na pandemia, com as perdas e com o isolamento. Nesta pandemia, vimos de perto muitas pessoas perderem a vida, inclusive, muitos colegas de profissão. Ficamos sem chão, mas tínhamos de estar de pé, pois a luta sempre continua e o trabalho deve ser feito. Defendemos a autonomia do médico que deve ser exercida com zelo, prudência e perícia, conforme preconiza a Lei 12842/13 do ato médico", ressaltou o CRM-AM

A diretoria do Conselho Regional de Medicina do Amazonas agradece ainda os demais profissionais da saúde que são igualmente essenciais nesta batalha.

"Obrigado por tudo, médicos e médicas do Amazonas! Obrigado pelo amor, cuidado e dedicação com a população do nosso querido estado. Agradecemos também aos demais profissionais da saúde, a Medicina está cada vez mais entrelaçada a outras áreas e o apoio destes profissionais é essencial. Juntos somos mais fortes. Contem conosco", finaliza a diretoria.

Sobre o conselho

Autarquia que possui atribuições constitucionais de fiscalização e normatização da prática médica. O Cremam, além de atribuições como o registro  profissional do médico e a aplicação de sanções do Código de Ética Médica, adquiriu funções que atuam em prol da saúde da população e dos   interesses  da classe médica.

Sua competência inicial reduzia-se ao registro profissional do médico e à aplicação de sanções. Atualmente, exerce um papel político muito importante na sociedade, atuando na defesa da saúde da população e dos interesses da classe médica. Funciona como tribunal, apreciando denúncias contra médicos e instaurando processos ético-profissionais quando existem indícios de infração ética. 

As apenações, na forma da lei, podem consistir em advertência confidencial, censura confidencial, censura pública, suspensão do exercício profissional até 30 dias e cassação do exercício profissional. Das decisões dos Conselhos Regionais, cabe recurso ao Conselho Federal. Para isso, o órgão possui um corpo de Conselheiros, os quais são eleitos por seus pares para mandato meramente honorífico.

Em 20 de dezembro de 1958, nascia o Conselho Regional de Medicina do Estado do Amazonas (Cremam), sob a gestão do presidente interino Oswaldo Leal Gesta, abrigado nas dependências do Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV) da então Universidade do Amazonas (UA).

A autarquia federal foi fundada depois de ter sido sancionada a lei 3.268 de 30/09/1957, instituida pelo decreto 44.045 de 19/07/58, que criou o conselho federal e os regionais de medicina, pelo então presidente da República e também médico Juscelino Kubitschek.

News b9c859f0 b845 415e 97aa d9fe4eb65dc1 96581f6b 36a1 4a7c a5d9 8f8c56b0b256
Repórter de A Crítica
Amazonense, nascido e criado em Manaus. Graduado em Jornalismo e mestrando em Antropologia Social, ambos pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.