Quarta-feira, 28 de Outubro de 2020
política

Amazonino oficializa candidatura ao cargo de Prefeito de Manaus

Durante fala, o ex-governador elogiou o senador Eduardo Braga e agradeceu seu apoio político



amazonino_EE03575A-8F93-47BC-9BDE-155CEFD4CD26.JPG Foto: Divulgação
16/09/2020 às 19:17

Amazonino Mendes (Podemos) oficializou na tarde desta quarta-feira (16) sua candidatura à prefeitura de Manaus, tendo como vice-prefeito, o deputado estadual, Wilker Barreto (Podemos). A solenidade aconteceu na sede do partido, localizada no Conjunto Parque Tropical, no Parque 10 de Novembro, zona centro-sul de Manaus.

Amazonino durante a cerimônia falou que o gesto do Eduardo é muito importante. "Vocês têm que entender que o gesto do Eduardo pra mim é muito importante e eu não estou pensando na eleição, é depois que eu tiver lá. Quem é que vai arranjar dinheiro para Prefeitura? O único que pode fazer isso e tem feito é o senador Eduardo Braga", disse Amazonino.



Amazonino ainda elogiou o Eduardo Braga, que ele tem salvado o interior com milhões de recursos que conseguiu junto ao governo federal, já que o governo do Estado esteve ausente com o povo do interior do Amazonas.

Vice

O deputado Estadual, Wilker Barreto, colocou em pauta a eleição de 2018, no qual Amazonino na época era do PDT e teve o apoio do podemos para a candidatura ao cargo de governador. "“Em 2018, sabíamos que o melhor para o Amazonas era o Amazonino, e de forma triste agora vemos a falta de experiência. O Amazonas é complexo e Manaus uma capital difícil de administrar. A escolha do Podemos é uma oportunidade para Manaus”, disse o deputado.

O deputado disse que Manaus precisa de uma Prefeitura mais humana e que os primeiros dias de prefeito já sabe o que fazer. “Os primeiros dias de um prefeito, ele já sabe o que fazer. Não fica deslumbrado com o cargo, esquecendo dos mais humildes. Manaus precisará de ajuda no pós-pandemia e uma prefeitura mais humana”, disse Wilker.

Apoio do PSL

Durante a cerimônia, foi anunciado que o Partido Social Liberal (PSL) também estará apoiando a candidatura de Amazonino e Wilker nessas eleições.

Em nota oficial, divulgada na tarde desta quarta-feira, o partido diz que tomou a decisão depois de “dialogar e de exaustivamente examinar todas as propostas, projetos, trajetórias políticas e compromissos dos candidatos aos cargos majoritários da capital”.

A nota divulgada ainda afirma que a "a escolha dos próximos eleitos pertence ao povo de Manaus, que terá, durante a campanha que se inicia, o direito de analisar e definir os melhores rumos de nossa cidade".

Braga e Eduardo

Somado ao PSL, o Movimento Democrático Brasileiro (MDB) partido comandado pelo atual senador Eduardo Braga já havia anunciando nesta terça-feira (15) por meio de nota que apoiaria o candidato Amazonino Mendes

“Estaremos ao lado de Amazonino Mendes nesta caminhada, sugerindo como única condição a realização de uma administração democrática e transparente, que ouça o cidadão e encaminhe a solução dos problemas que mais afligem a todos”, diz a nota.

Eduardo Braga e Amazonino foram adversários pela última vez em 2017 na eleição suplementar. E o senador Eduardo Braga foi derrotado por Amazonino, no segundo turno da eleição.

De acordo com a nota, a decisão foi pelo clamor das ruas. "Ouvindo também o clamor das ruas, entendemos que é hora de optar pela experiência, pela segurança de quem pode conduzir com equilíbrio e eficiência os destinos de nossa cidade", argumenta o partido.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.