Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020
SUSPEITO PRESO

Suspeito de assassinar dono de joalheria no Coroado é preso em Manaus

Breno Pampolha, de 20 anos, é o terceiro suspeito apontado pela polícia de ter participado do assalto que resultou na morte do proprietário do local, Antônio Aberonilton, de 47 anos. Caso aconteceu em novembro de 2019



content_WhatsApp_Image_2019-11-22_at_12.34.10_CB56CF57-2491-4676-A682-51825D902E6C.jpeg Foto: Jair Araújo
10/01/2020 às 18:22

Breno Tavares Pampolha, de 20 anos, foi preso na manhã de quinta-feira (9), depois de ter sido apontado pelas investigações da polícia como o terceiro suspeito de cometer o assalto a uma joalheria que resultou na morte do proprietário do estabelecimento, identificado como Antônio Aberonilton Nogueira Lima, de 47 anos. O crime aconteceu no dia 22 de novembro do ano passado, no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus.

A prisão do acusado ocorreu na avenida Paraíba, situada no bairro São Francisco, Zona Sul da capital. Breno foi detido e encaminhado para o 11° Distrito Integrado de Polícia (DIP).



Conforme o titular do DIP, delegado Antônio Rondon, no dia do crime, quatro indivíduos invadiram a joalheria e anunciaram o assalto. Na ação dos criminosos, Marco Vinícius Alves de Vasconcelos, de 22 anos, foi morto durante troca de tiros com a polícia.

Ainda de acordo com o delegado, uma mulher, também envolvida no assalto, foi identificada como Jéssica Cristina de Souza Ferreira, de 20 anos, e passou a ser foragida. Além dela, um quarto suspeito também está sendo investigado.


Jéssica Cristina de Souza Ferreira, de 20 anos, é foragida da polícia. Foto: Divulgação

News fe58c969 f689 427d bdc3 fb9389c2f509 adee0aa5 fa35 42f7 850c 32125f8d473c
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.