Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020
CRIME

Mulher executada em ramal no Jorge Teixeira cumpria prisão domiciliar

Barbara Bastos Galdino cumpria pena por tráfico de drogas. Há suspeita que a morte da vítima tenha sido motivada por disputa de área por facções rivais



morta_A86DD9B6-FC5D-445A-B6AE-0E13F56961AB.JPG Foto: Reprodução/Internet
09/07/2020 às 11:32

O corpo de mulher encontrado na noite de ontem (8) no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus foi identificado como Barbara Bastos Galdino, moradora do bairro da Glória, Zona Oeste. A identificação foi feita pela polícia, de quem a vítima já era conhecida. De acordo com informações da polícia, Bárbara seria gerente de um ponto ilegal de venda de drogas de um suposto traficante, 'Marcelinho', cunhado do Zé Roberto.

Conforme os policiais militares, Bárbara era suspeita de traficar drogas do bairro onde morava. Ela também seria usuária. A vítima trabalhava para o traficante identificado como “Salomão “.  Barbara Bastos Galdino cumpria pena domiciliar por tráfico de drogas.



Policiais que estavam ontem no local do crime informaram que Bárbara foi levada para o local para ser morta em um Fiat Uno de características não informadas. Moradores disseram que ouviram aproximadamente dez tiros. 

Policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) estiveram no local colhendo  informações. Hoje será instaurado inquérito policial para investigar o crime.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.