Terça-feira, 20 de Outubro de 2020
HOMICÍDIO

Grávida é encontrada morta com nove facadas no Igarapé do Mindu

Populares passavam pelo local quando avistaram sangue na estrutura de concreto da ponte. A polícia suspeita de que o autor do crime tenha sido o namorado da mulher



show_WhatsApp_Image_2020-01-16_at_10.13.12_7A3E2682-09E0-473F-ADFA-2A8E03AF4708.jpeg Fotos: Marcos Lima
16/01/2020 às 10:36

O corpo de uma mulher identificada como Miryam Moraes da Cruz, de 21 anos, foi encontrado com nove golpes de faca na manhã desta quinta-feira (16) em trecho do Igarapé do Mindu, situado na Alameda Alphaville, bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus. O Instituto Médico Legal (IML) confirmou a idade gestacional, aparentando entre três e quatro meses de gravidez.

Segundo o delegado de Polícia Civil Guilherme Antoniazzi, plantonista na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a vítima foi morta por volta das 6h, em uma das pontes que liga o bairro Tancredo Neves, Zona Leste, com o bairro Novo Aleixo, Zona Norte.



Há indícios de que o autor do crime seja o namorado da mulher. No entanto, a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros está trabalhando para confirmar a participação dele no feminicídio.

Antoniazzi explicou que a mulher foi morta na ponte. Marcas de sangue eram visíveis na parte que divide a estrutura da ponte e o igarapé. Por volta das 7h, moradores daquela área, que passavam pelo local, viram as marcas de sangue, olharam para o igarapé, avistaram o corpo e acionaram a polícia.


Vítima foi identificada como Miryam Moraes da Cruz. Foto: Reprodução/Facebook

Os policiais militares da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) atenderam a ocorrência, isolaram a área e comunicaram aos outros órgãos de segurança. O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) foi acionado para fazer a remoção do cadáver de dentro da água.

O Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) fez a perícia no corpo da vítima e identificou nove facadas no corpo da mulher. Uma atingiu o pescoço e o restante  o tórax. A DEHS investiga o caso.

Os agentes IML removeram o corpo e levaram para exame de necropsia na sede do órgão que fica no bairro Cidade Nova, Zona Norte. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso.

News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.