Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020
MORTA A FACADAS

Jovem de 19 anos mata namorada a facadas em apartamento do Viver Melhor 2

Bruno Cristian da Silva Neves seria o assassino da jovem de 20 anos identificada como Maria Elisa. Após o crime, o jovem, que é esquizofrênico, teria tentado suicídio, mas foi socorrido em estado grave e levado ao hospital



1254f131-274d-4ae1-b474-4f07c73ebd84_65290DC8-A5A4-4011-958B-7501303F8581.jpg Foto: Junio Matos
17/10/2020 às 12:13

Um jovem que sofre de esquizofrenia, identificado preliminarmente como Bruno Cristian da Silva Neves, 19, é o principal suspeito de ter matado a própria namorada a facadas, identificada como Maria Elisa, 20, em um apartamento situado na rua Raio de Luz, dentro do conjunto Viver Melhor 2, na Zona Norte de Manaus. O crime teria acontecido na manhã deste sábado (17), segundo a 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). 

Policiais militares da 26ª Cicom foram acionados por volta das 10h. Conforme o tenente Ronaldo Azevedo, populares relataram terem ouvido a vítima gritar, pedindo para não ser morta. A autoridade policial afirmou ainda que houve luta corporal entre os dois e que a porta do cômodo estava trancada no momento do assassinato. 



De acordo com a 26ª CICOM, policiais militares detectaram sangue na porta do quarto onde a mulher foi morta. Bruno teria tentado se matar após assassinar a namorada, mas sobreviveu e foi levado a uma unidade hospitalar da cidade. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada ao local, conforme Azevedo. 

O delegado Guilherme Antoniazzi, da Delegacia Especializa em Homicídios e Sequestros (DEHS), afirmou que a mulher foi morta com pelo menos dez facadas. O homem está em estado grave. “Eles discutiram na cozinha. Uma facada bem grande, [desferida] no peito da vítima, foi a fatal”, disse. 
 
A namorada do suspeito também foi golpeada nas costas e em um dos antebraços, conforme o delegado. “Segundo familiares, o suspeito é esquizofrênico e toma remédio controlado. Vamos conversar com testemunhas para confirmar se eles tinham um histórico de brigas”.

A mulher tinha o hábito de frequentar a casa do namorado, nos finais de semana, ainda de acordo com Antoniazzi.

O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML).

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investigará o caso.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.