Publicidade
Manaus Hoje
CRIME

Homem sequestra a ex-mulher e o filho de um ano no bairro da Paz

De acordo com a polícia, Flávia Abreu estava na rua Domingos Leite quando foi surpreendida pelo ex que a obrigou a entrar em um veículo com a criança. A família continua sem notícias 11/08/2017 às 17:48 - Atualizado em 11/08/2017 às 17:49
Show procurado
Procurado por sequestrar a ex-mulher e o filho de um ano
acritica.com Manaus (AM)

Um homem identificado como Ulisses Costa da Silva, 28, é procurado pela polícia após sequestrar a ex-companheira dele, Flavia Larissa de Abreu Fontão, 20, e o filho deles, um menino de um ano. O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (11), na Rua Domingos Leite, bairro da Paz, zona Centro-Oeste da capital.

De acordo com a delegada Poliana Menezes, interina da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM), no momento da ação criminosa Flavia estava com os filhos dela, dois meninos de um e quatro anos.

A criança de quatro anos relatou que a mãe foi surpreendida pela chegada de Ulisses que, saiu de um carro e a obrigou a entrar no veículo, agindo de forma violenta. Larissa estava com o filho de um ano no colo.

“A criança de quatro anos presenciou a ação e em seguida saiu correndo para relatar o que havia ocorrido à avó materna. Em depoimento, a mãe da jovem informou que vizinhos contam que viram Ulisses rondando aquela região onde Larissa mora, em um carro da montadora Ford, modelo Fiesta, de cor preta e placas JXN-8397”, disse a delegada.

A delegada ressaltou que a vítima possui medida protetiva de urgência em benefício dela, uma vez que ela já tinha registrado Boletins de Ocorrência (BOs) contra o infrator, por já ter sido ameaçada de morte e agredida fisicamente por ele.

Quem puder colaborar com informações que ajudem a equipe de investigação da DECCM a localizar e prender Ulisses, entrar em contato pelo disque-denúncia da unidade policial: (92) 3236-7012. Poliana Menezes destacou que delações também podem ser feitas ao número 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu.