Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020
RESGATE

Casa de traficante preso em operação da PF tinha cativeiro com animais silvestres

Alvo da operação Schelde, o empresário e traficante Osmerindo de Souza Filho, o “Muca”, mantinha ilegalmente animais como jabutis e tracajás na sua casa de luxo, no bairro de Flores



562e5f96-099a-4239-a645-4f1668eee14d_D90779E5-D9C2-4E61-8950-57FE723B3BA3.jpg Foto: Divulgação
09/07/2020 às 11:32

A Polícia Federal resgatou 11 animais silvestres entre jabutis e tracajás que estavam sendo mantidos em cativeiro em uma casa de luxo, no bairro de Flores, do empresário e traficante de drogas Osmerindo Muca de Souza Filho.

Muca, como é conhecido no mundo do crime, foi autuado em flagrante pelo crime contra a fauna e por manter sob a sua guarda animais silvestres sem a autorização legal.



O resgate dos animais aconteceu durante a operação Schelde, na terça-feira (7), quando os policiais federais davam cumprimento a mandados de busca e apreensão na casa de Muca.

Muca é investigado de integrar um grupo criminoso especializado em enviar droga para países da Europa utilizando uma empresa de fachada sediada na Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

O suspeito foi um dos presos da operação Lá Muralla da Polícia Federal deflagrada em  2015. De acordo com as investigações, ele era o homem de confiança do colombiano Juan Ângel Ocompo Cruz , o “Chinês “, um dos fornecedores de droga para a facção criminosa Família do Norte (FDN).

Muca era responsável pela logística da compra, armazenamento e distribuição de droga para a facção. O mesmo possuía um sítio nas proximidades de Manacapuru onde ele recebia a droga que vinha da Colômbia, armazenava lá e depois trazia para Manaus para a sua casa no bairro de Flores e depois fazia a distribuição nas bocadas.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.