Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020
RECEITA FEDERAL

Alfândega apreende R$ 50 mil em eletrônicos sem nota fiscal no Aeroporto de Manaus

Está é a segunda apreensão de mercadorias ocorrida no aeroporto Eduardo Gomes em menos de uma semana



WhatsApp_Image_2020-07-01_at_15.28.44_97C700D5-888E-4F04-9CD3-9C115218CFDC.jpeg Foto: Divulgação/Receita Federal
01/07/2020 às 15:58

A Alfândega no Aeroporto de Manaus apreendeu, nesta quarta-feira (1º), cinco malas com produtos eletrônicos sem nota fiscal, avaliados em R$ 50 mil. Está é a segunda apreensão de mercadorias ocorrida no aeroporto Eduardo Gomes em menos de uma semana.

De acordo com o delegado adjunto da Alfândega, Marcelo Tavares, a ação de hoje foi focada em voos domésticos com destino a Manaus e o resultado foi a apreensão de ccerca de 200 celulares, 220 placas eletrônicas de celulares e 1,2 mil pendrives.



A apreensão foi feita pela seção de vigilância aduaneira da Alfândega do aeroporto e ocorreu no terminal de passageiros, durante um trabalho de inspeção não-invasiva (escaneamento) de bagagens de voos domésticos com destino a Manaus. 

Na fiscalização do voo procedente de São Paulo, foram identificadas cinco malas, pertencentes a dois passageiros, contendo grande quantidade de celulares, pendrives e placas para telefone celular.

Os passageiros declararam não dispor das notas fiscais de compra, nem de qualquer outro documento apto a comprovar que as mercadorias foram importadas de forma legal. 

Conforme Marcelo Tavares, os procedimentos fiscais terão prosseguimento com a quantificação dos produtos e a formalização do auto de infração. Posteriormente, haverá comunicação dos fatos ao Ministério Público Federal (MPF) em virtude da constatação da prática, em tese, do crime de descaminho.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.