Quinta-feira, 02 de Julho de 2020
CAMPEONATO

Peladão: Mata Boi vence Cidade Nova Alma na Arena da Amazônia

A partida terminou em empate por 1 a 1, mas nos pênaltis o Mata Boi levou a melhor e foi coroado como grande campeão, na tarde de hoje (28), na Arena da Amazônia. 



WhatsApp_Image_2019-12-28_at_18.47.01_06BB300C-5822-4B62-A3C2-B0F269DE50A5.jpeg Foto: Sandro Pereira
28/12/2019 às 18:53

A grande final da categoria Máster do Peladão 2019 reuniu o que de melhor possui a velha guarda do futebol baré, num ‘jogaço’ entre Amigos da Cidade Nova Alma e Amigos do Mata Boi. A partida terminou em empate por 1 a 1, mas nos pênaltis o Mata Boi levou a melhor e foi coroado como grande campeão, na tarde de hoje, na Arena da Amazônia. 

“Esse título está premiando o trabalho realizado, as noites sem dormir, todo o esforço do time. Nós podemos não ter tanta técnica, mas sobramos em vontade e determinação”, afirmou Raiderson Teco, técnico do Amigos do Mata Boi.



Os minutos iniciais da final, foram melhores para a equipe do Cidade Nova Alma, impondo correria pelas beiradas do gramado e cruzando bolas na área. O Amigos do Mata Boi tentava sair do campo de defesa trocando passes mas gerava oportunidades ao time da Zona Norte. Logo aos 9 minutos, Pezão cobrou escanteio e Eltinho recebeu livre na área para desviar de cabeça e mandar pro fundo das redes.

Após abrir 1 a 0, o Amigos da Cidade Nova mantinha o ritmo de ataque e continuava criando boas chances, aos 14 minutos Pezão cruzou bola na área e Eltinho quase marca o seu segundo gol na partida, ele foi parado por uma ‘defesaça’ do goleiro Onça. O Mata Boi tentou reagir pressionando no campo de ataque com Olhão e Gerson, mas não conseguiu criar grandes chances, se lançando ao ataque o time deixava espaços principalmente para as descidas do lateral-direito Claudinho. No final da primeira etapa ele obrigou Onça a novamente fazer uma grande defesa. 

Na segunda etapa, o Mata Boi voltou mais ‘ligado’ e logo aos 50 segundo de jogo colocou uma bola no travessão em batida de falta desviada por Gerson. Apesar disso, o Cidade Nova Alma era mais organizado em campo e sabia explorar a ponta direita com as subidas de Claudinho, aos 5 minutos novamente ele criou boa jogada que esbarrou na qualidade do goleiro Onça. Novamente aos 8 minutos, o ‘paredão’ do Mata Boi operou outro ‘milagre’ cara a cara com o meia atacante Eltinho. O Mata Boi conseguiu tinha dificuldade principalmente de rodar a bola no meio campo e apostava em passes esticados para velocidade de Chiquinho. Aos 25 minutos do segundo tempo, o jogo virou um verdadeiro toma lá da cá, com as duas equipes forçando os goleiros a trabalhar. Aos 28, o Mata Boi desceu pela beirada esquerda, Mazon cruzou para entrada da área e Frank bateu rasteiro no canto do goleiro Isaías, empatando tudo na decisão e levando a partida para os pênaltis.

Na cobrança de pênaltis, foram nove acertos em seguida, até que Dedão isolou e deu o título para o Mata Boi. 

“Hoje o time jogou muito bem, saímos na frente e poderíamos ter feito mais gols. Futebol é assim, uma bola pode mudar todo o jogo. Nos pênaltis eles foram competentes e temos que parabeniza-los”, disse Andresson Roberto, técnico do Cidade Nova Alma.
 

Escalações:

Mata Boi: Onça, Edinei, Frutuoso(Jardel), Ader, Marcelo, Diogo, Claudio (Frank) Moska (Junior), Euzébio (Mazon), Olhão e Gerson (Lito). 

Cidade nova Alma: Isaias, Fábio, Gibi, Claudinho, Ailton, Pezão(Helter), Lê, Marcelinho, (Bodinho), Piri, Eltinho (gol), Vagner (Dedão)

News whatsapp image 2019 06 21 at 16.12.51 7cbfadd4 8d2b 47cf a09e 336b83276e71
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.