Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020
DUELO

Na Arena, Amazonas e Manaus fazem final do primeiro turno do Barezão

Por conta da melhor campanha na primeira fase, Onça-pintada da Zona Leste tem a vantagem do empate. No primeiro turno, o resultado do confronto entre as duas equipes foi 1 a 1



WhatsApp_Image_2020-03-01_at_11.51.15_034B2112-C9F2-444B-B69F-AA322A74BC5C.jpeg Foto: Divulgação/Amazonas FC
01/03/2020 às 16:08

A temporada do futebol amazonense vai ver a primeira volta olímpica hoje (1º). Às 17h, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, Amazonas e Manaus se enfrentam e decidem quem fica com o título do primeiro turno do Barezão 2020. Por ter tido a melhor campanha da primeira fase, a Onça-pintada da Zona Leste tem a vantagem do empate. 

Estreante na elite do Estadual após ser campeão da Série B do Amazonense, a equipe aurinegra chegou à final após derrotar o Nacional por 4 a 2, na quinta-feira (27). Antes, o time do técnico Lecheva terminou a primeira fase com 17 pontos e a melhor campanha. 



Já o Gavião do Norte conquistou a vaga na final fazendo uso da vantagem do empate, decorrente da segunda melhor campanha da primeira fase. Na quarta-feira (26), os comandados de Welington Fajardo buscaram o resultado no último minuto e empataram em 1 a 1 com o Fast Clube. 

Melhor ataque
Ao seu favor, o Amazonas conta com o melhor ataque da competição. Foram 14 gols nos sete jogos da primeira fase. Isso sem contar os quatro marcados sobre o Naça na partida de semifinal do Campeonato Amazonense. 

Porém, contra o Manaus, a Onça-pintada terá um desfalque de peso. Daivison, artilheiro do campeonato com seis gols, foi expulso contra o Naça por se envolver em discussão com Felipe Tiririca e está fora da final. O desfalque foi abordado pelo comandante técnico do time depois do confronto contra o Leão da Vila.

Continuando o voo
Se de um lado vemos uma equipe estreante no campeonato, do outro encontramos o tricampeão estadual e, segundo o próprio treinador do Gavião do Norte, Welington Fajardo, o time a ser batido no Barezão 2020. E já que a vantagem está do outro lado, só resta a vitória para o Manaus levar a taça.

“Temos que entender que o Manaus teve dificuldade com todos os adversários porque é o time a ser batido. De qualquer forma, atingimos o objetivo de chegar à final do primeiro turno. E ter passado pelo Coritiba é um ‘plus’”, destacou o treinador do Gavião do Norte.

Melhor defesa

Durante a primeira fase do Estadual, o Manaus tomou apenas três gols em sete partidas. Isso tendo dois novos integrantes no setor: o zagueiro Luis Fernando e o lateral-esquerdo Caique. Remanescente de 2019, Thiago Spice, peça chave da defesa esmeraldina, fez questão de pontuar o rápido entrosamento e elogiar o poderio ofensivo do time aurinegro.

“Vai ser difícil para eles fazerem o gol assim como vai ser difícil para nós defendermos. O ataque deles é muito bom, rápido. Temos que entrar focados e concetrados para dificultar para eles”, disse o zagueiro do Gavião do Norte, que também elogiou o ‘novo’ companheiro de zaga.

Esta será a segunda partida entre os times. Na primeira fase, Onça-pintada da Zona Leste e Gavião do Norte se enfrentaram na sétima rodada, decidindo quem ficaria com a primeira colocação. O empate em 1 a 1 favoreceu o Amazonas, que já estava à frente na tabela.

News leonardo 9028af08 26fb 4271 b322 4409cded8370
Repórter do Craque
Jornalista em formação na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e repórter do caderno de esportes Craque, de A Crítica. Manauara fã da informação e que procura aproximar o leitor de histórias – do futebol ao badminton.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.