Terça-feira, 14 de Julho de 2020
TÍTULO E ACESSO

Moura, time do amazonense Matheus Maradona, é declarado campeão em Portugal

Antes da paralisação pela pandemia da Covid-19, equipe liderava a 1ª Divisão Distrital com 10 pontos de vantagem para o segundo colocado. Destaque da equipe, Matheus marcou 16 gols em 18 partidas na campanha



WhatsApp_Image_2020-05-08_at_17.08.06_FE712BBE-2EE9-4951-A418-D40B351C593C.jpeg Foto: Acervo pessoal
08/05/2020 às 20:33

Em praticamente todo o mundo, os campeonatos de futebol pararam por conta da pandemia do novo coronavírus. Com isso, muitas ligas precisaram decidir pelo encerramento ou a espera para a retomada dos torneios. Em Portugal, porém, a decisão da paralisação acabou não sendo tão ruim para um jogador amazonense. O Moura Atlético Clube, de Matheus Henrique - o Matheus 'Maradona' no mundo do futebol -, foi declarado o campeão da 1ª Divisão Distrital.

Liderando o campeonato com 10 pontos de vantagem para o segundo colocado antes da paralisação, o time que estava invicto também garantiu o acesso ao Campeonato de Portugal.



A divisão em questão vai ser disputada por 96 clubes a partir de agosto, estima-se, e é a última antes da sonhada elite do futebol português de Porto, Benfica e outros grandes europeus. 


(Jogador baré foi o principal destaque do Moura na temporada. Foto: Acervo pessoal)

Durante a campanha no Distrital, foram 21 vitórias e dois empates em 23 partidas. Destas, o amazonense Matheus jogou em 18 e marcou 16 gols. Artilheiro do time no campeonato e em toda a temporada, o meia-atacante do Moura, que passou pelas categorias de base de Tarumã, Nacional e Bahia, celebrou a conquista.

“O campeonato parou em março e não retornou. Faltavam oito rodadas e bastava ganharmos dois jogos para sermos campeões no campo. Assim, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) acabou nos dando o título. Nada mais justo pela campanha que fizemos, não perdendo nenhum jogo”, analisou o jogador, que junto com a FPF, tem a estimativa de que as competições retornem no final de agosto, visando repetir as boas atuações individuais.

Cautela com a Covid-19

Assim como qualquer atleta, Matheus precisou se distanciar do que mais gosta de fazer no período de paralisação das atividades não essenciais. Em território português, foram registrados mais de 27 mil casos de novo coronavírus nos últimos meses, com mais de 1.100 mortes. O número é um dos mais baixos entre os principais países do continente europeu.


(Portugal saiu do estágio de emergência, mas população na prevenção. Foto: Rafael Marchantes/Reuters)

“Está sendo um período bem complicado, apesar de o país já ter saído do estágio de emergência. Na real, praticamente tudo já está funcionando. Mesmo assim, estamos tomando as medidas que o governo exige, como usar máscara e estar sempre de luva. Exigências básicas para que esse vírus seja contornado”, afirmou o amazonense campeão da 1ª Divisão Distrital de Portugal.

Ainda em Moura, cidade localizada a 161 km de Lisboa, o amazonense planeja o retorno ao Brasil quando os aeroportos estabilizarem as linhas aéras. Com mãe morando no Amazonas, mais precisamente em Manaus, e pai em Minas Gerais, onde Matheus tem casa, o garoto de 24 anos se preocupa com o desenrolar do vírus no país natal.

"O vírus chegou de uma forma impactante em Manaus. Tenho mãe, parentes, sobrinhos e a gente fica muito tenso estando longe. Antes devo ir para Minas, mas quando contágio acalmar, vou a Manaus", completou Maradona.

News leonardo 9028af08 26fb 4271 b322 4409cded8370
Repórter do Craque
Jornalista em formação na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e repórter do caderno de esportes Craque, de A Crítica. Manauara fã da informação e que procura aproximar o leitor de histórias – do futebol ao badminton.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.