Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020
retorno

Mais de 100 dias depois, FAF volta com atividades presenciais nesta quarta-feira (1°)

Além de seguir medidas de segurança para evitar aglomeração, entidade deverá colocar em pauta definições a respeito do Barezão 2020



faf_EE2C1CEB-ABC6-459F-81D8-639430DE4A51.JPG Foto: Divulgação
01/07/2020 às 06:35

A Federação Amazonense de Futebol (FAF) está de volta a partir desta quarta-feira (1°) com suas atividades presenciais. Adotando o método de home office desde meados de março, por conta da propagação da COVID-19, a entidade logo de cara irá precisar lidar com assuntos ''inacabados'', como o futuro das competições locais e a polêmica envolvendo o fim do Campeonato Amazonense de 2020.

Mesmo depois de decidirem pelo ''término'' do Campeonato em reunião realizada no último dia 20 março, ainda caberá ao presidente da entidade, Dissica Valério, ‘bater o martelo’ sobre se o Barezão será encerrado ou cancelado. Vale lembrar que, como na reunião que contou com os oito clubes participantes da competição, naquele momento não se teve uma unanimidade, seis clubes votaram a favor do cancelamento: Fast, Iranduba, Manaus, Nacional, Princesa e São Raimundo. E os únicos times que votaram pelo encerramento foram: Amazonas e Penarol.



Como o cancelamento, tudo o que foi disputado no torneio fica sem efeito classificatório, então não teríamos campeões e nem times rebaixados, a entidade precisaria escolher apenas os representantes das competições nacionais de 2021. Já com o encerramento, se manteria o que foi feito até a terceira rodada - última antes da paralisação - e se adotaria critérios para escolher o campeão e equipes rebaixadas.

"A princípio vamos continuar fazendo o que já fazíamos no home office: enviando contratos, rescisões e todas documentações de solicitação de nossos filiados pra CBF. Todas as discussões referente aos campeonatos começarão a ser dirigidas a partir de amanhã", disse o secretário geral da FAF, Labibio André.

Medidas de prevenção

Sobre os cuidado que a federação irá adotar, o secretário geral comentou que tudo já estava pré-estabelecido e complementou reforçando sobre atitudes essenciais que todos deverão cumprir: ''Adotamos um protocolo para voltar. Iremos contar na entrada da FAF com um totem com álcool em gel, todos só poderão entrar usando máscara, teremos álcool em gel em todas as mesas dos colaboradores'', concluiu Labibio.

Funcionando das 13h às 18h, o ambiente da entidade estará higienizado, seguindo o protocolo de saúde e atendendo todas as exigências das autoridades sanitárias. Medidas tais como: evitar aglomeração em todas as dependências, limpeza diária das salas, sendo obrigatório o uso de máscaras e disponibilidade de álcool em gel em todas as salas. Implantação na entrada da Federação de um tapete com produto de sanitização para calçados, além de totem com álcool em gel.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.