Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020
Prevenção

Federação do AM de Futebol Mesa inicia venda de máscaras para arrecadação de fundos

A verba será revertida para adaptar a sala de treinos e competições da federação no estádio Carlos Zamith



WhatsApp_Image_2020-06-11_at_17.34.48_50EF78CC-4793-4215-A145-C104E09503EB.jpeg Foto: Winnetou Almeida
12/06/2020 às 07:46

O futebol de mesa, assim como a modalidade disputada nos gramados, já ventila possibilidade de retorno às atividades. Para que isso ocorra da forma mais segura possível, a Federação Amazonense de Futebol de Mesa (FAFM) inicia hoje (10), campanha para vender máscaras personalizadas - R$ 10,00 - e arrecadar fundos visando adaptar seus procedimentos com medidas preventivas. Os pedidos podem ser realizados através do número: 92 98171-1916. 

“Queremos fazer a dedetização da nossa sala, comprar potes de álcool em gel para os atletas e também termômetros para aferir a temperatura antes de realizarem qualquer atividade conosco. A nossa prioridade é a saúde dos nossos atletas”, destacou Winnetou Almeida, presidente da FAFM.



A sala oficial da federação fica localizada no estádio Carlos Zamith e no momento possui 12 mesas disponíveis aos atletas. Porém, o mandatário explica que haverão mudanças na logística, entendendo que o distanciamento social ainda deve ser respeitado. 

“Vamos deixar apenas oito mesas na sala para diminuir o número de pessoas lá dentro. A federação não tem recursos, então precisamos dessa campanha para conseguir comprar os equipamentos. Vamos disponibilizar máscaras descartáveis para quem esquecer a sua ou outra pessoa queira entrar na sala”, concluiu sobre as medidas de segurança que só poderão ser alcançadas com a arrecadação da campanha ou através de patrocínio.

News whatsapp image 2019 06 21 at 16.12.51 7cbfadd4 8d2b 47cf a09e 336b83276e71
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.