Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020
INFARTO FULMINANTE

Ex-volante de Vasco e Botafogo morre após infarto durante almoço

Rafael Coutinho, de apenas 36 anos, almoçava com a esposa no Rio de Janeiro, quando sofreu um infarto fulminante e não resistiu



coutinho_28EADA7F-9294-4F26-881F-A401605AEFCE.jpg Foto: Reprodução/Internet
05/10/2020 às 09:18

Morreu aos 36 anos o ex-volante do Vasco e Botafogo, Rafael Coutinho. O ex-atleta sofreu um infarto fulminanet enquanto almoçava com a esposa em Búzios, no Rio de Janeiro.

Coutinho chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas não sobreviveu.



Revelado no Vasco, Coutinho estreou como profissional em 2003 e virou titular no ano seguinte. Ele chegou a marcar um gol no primeiro jogo da final do Carioca de 2004, quando a equipe foi derrotada pelo Flamengo por 2 a 1. Na segunda partida da decisão, porém, foi expulso e o time rubro-negro sagrou-se campeão.

O jogador foi emprestado no meio de 2005 para o Estrela Amadora, de Portugal, por uma temporada antes de voltar ao Vasco. No ano seguinte, deixou São Januário.

Coutinho passou depois por Botafogo, Figueirense, Fortaleza, Portuguesa, Tombense e ASA-AL, clube pelo qual se aposentou em 2018. Desde então, trabalhava com Eduardo Uram, seu empresário nos tempos de jogador.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.