Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020
NAS PISCINAS

Escola de natação aplica protocolo rígido visando a prevenção da Covid-19

Reabertura de 'academias e similares' aconteceu ontem (29) seguindo plano de retomada da economia imposto pelo Governo. Aglomeração em piscina e fora dela possui mesmo efeito segundo estudo



WhatsApp_Image_2020-06-30_at_15.29.07_D5BA7453-EB0E-408B-9614-84F5D439430B.jpeg Foto: Aguilar Albecassis
30/06/2020 às 16:19

A segunda-feira (29) marcou a reabertura de ‘academias e similares’ após fechamento em decorrência da pandemia da Covid-19. O movimento segue o cronograma de retomada da economia imposto pelo Governo do Amazonas no dia 27 de maio.

O plano, além de definir datas de retorno à atividade de alguns setores, estabelece regras de prevenção ao vírus que, neste caso, serão inclusas na rotina da Aquática Amazonas.



Com atividades paralisadas desde o dia 16 de março, a escola de natação e maratona aquática aderiu a uma espécie de protocolo de segurança para tranquilizar alunos e colabores.

Dentre as medidas, medição de temperatura e obrigatoriedade do uso individual de garrafas e equipamentos da modalidade, como prancha e toalha. Responsável pela Aquática Amazonas, Pierre Gadelha falou um pouco mais sobre o retorno seguro.

“A reabertura foi muito boa. Estamos trabalhando conforme recomendações da Fundação de Vigilância Sanitária (FVS). Temos álcool em gel disponível, medimos a temperatura dos atletas, os professores estão utilizando viseiras e a limpeza é constante em banheiros e áreas comuns”, explicou Pierre, ressaltando que também houve diminuição no número de atletas por aula na escola.


(Pierre Gadelha é o responsável pela Aquática Amazonas. Foto: Aguilar Albecassis/Freelancer)

Vale dizer que, segundo relatório feito pelo Conselho Superior de Pesquisas Científicas da Espanha, a água não é um risco quando se pensa em contágio da Covid-19, mas a aglomeração dentro de uma piscina tem o mesmo efeito de um agrupamento fora dela.

Rio Negro Challenge

Responsável também pela realização dos eventos do Rio Negro Challenge, circuito de maratona aquática, Pierre Gadelha revelou que a previsão é de que a próxima prova aconteça em dezembro. Uma série de provas já foram adiadas ou cancelas por conta da pandemia.

“Está programada uma prova para o dia 13 de dezembro. Acredito que vamos conseguir fazer uma bela festa, até porque nesse ano comemoramos 50 anos de existência da prova Almirante Tamandaré. Tivemos que cancelar etapas que inicialmente iriam acontecer em maio, depois em julho, mas infelizmente tivemos que cancelar pela situação”, completou Pierre.

News leonardo 9028af08 26fb 4271 b322 4409cded8370
Repórter do Craque
Jornalista em formação na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e repórter do caderno de esportes Craque, de A Crítica. Manauara fã da informação e que procura aproximar o leitor de histórias – do futebol ao badminton.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.