Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020
FUTEBOL

Clipper vence CDC e se isola na liderança da Segundona

Águia Dourada agora tem seis pontos, seguido de Tarumã com quatro e Rio Negro e JC com três pontos; CDC com duas derrotas seguidas é o lanterna da competição



121973299_10224330407832346_7561394107488568252_o_DA40CEFA-4F73-4323-A3E6-D4EB408B02AD.jpg Foto: Iago Albuquerque
21/10/2020 às 18:35

O Clipper garantiu mais uma rodada na liderança ao vencer o CDC Novo Aripuanã na tarde desta quarta-feira (21), pelo placar de 3 a 2, no estádio Carlos Zamith, pela segunda rodada do Campeonato Amazonense da Série B.

Os gols do Águia Dourada foram marcados por de Raílson (2x) e um de Jonathan Brunno, todos na primeira etapa, e o Bacurau fez com Betinho e Val no segundo tempo.



Com o resultado, o Clipper é o líder com seis pontos ganhos, seguido pelo Tarumã com quatro, Rio Negro com três pontos e o JC completa o G4 também com três pontos. Atlético-AM e CDC são os únicos que ainda não venceram na Segundona. Vale lembrar que o regulamento prevê os quatro primeiros colocados se classificando para às semifinais e assim decidindo as duas vagas na elite do Barezão 2021.

Primeiro tempo

Mais organizado no início da partida, o Clipper não demorou para abrir o placar. Aos oito minutos, Raílson faz grande jogada individual pelo centro do campo, passou por todo o setor defensivo, driblou o goleiro e completou para o gol vazio, golaço do Águia Dourada. Atrás do placar, o CDC preciso sair em busca do gol de empate. Com o atacante Canhoto puxando a maioria das jogadas ofensivas do time, o Bacurau assustava a meta do goleiro Ícaro.

Mas em um dos contra-ataques em velocidade, Carlos Eduardo colocou Raílson na cara de Victor, que não perdoou e mandou para o fundo das redes. Nas cordas, ainda deu tempo para Canutama chamar o zagueiro do CDC pra dançar, tocar rasteiro na área e Jonathan Brunno fez o terceiro.

Segundo tempo

Confortável no placar, o Clipper começou a etapa final esperando o CDC em seu campo de defesa. Aos oito, após finalização de fora da área, Betinho acerta o canto esquerdo de Ícaro, diminuindo o placar. O gol acordou o Clipper que foi em busca do quarto gol. Sem a mira calibrada, alguns atletas do Águia que entraram no segundo tempo, como Gabriel Renan e Bigo perderam gols incríveis.

Mas o momento em que a equipe de Sidney Bento teve a oportunidade de chegar ao quarto gol, Raílson teve a chance de meter um hat-trick, só que o meia-atacante bateu e Victor pula no canto certo e a bola bate na trave esquerda e vai pra fora. O jogo ganhou mais dramaticidade nos minutos finais do segundo tempo, quando Val bateu da entrada da área, sem muita força, mas o goleiro Ícaro falha e o CDC consegue encostar no placar.

O time de andarilho do futebol amazonense ainda teve algumas oportunidades jogando bola na área, mas o Clipper conseguiu se defender e garantir os três pontos em uma rodada que um dos maiores concorrentes diretos na briga das primeiras posições, acabou tropeçando em Itacoatiara.

Ficha Técnica: Clipper 3 X 2 CDC

Local: Carlos Zamith

Data: 21 de outubro de 2020, quarta-feira

Horário: 15h30

Árbitro: Elenildo Batista Rodrigues Júnior

Assistentes: José Luís de Oliveira e Jeová Rodrigues do Santos

Gols: Clipper; Raílson (8' 1°), Raílson (38' 1°) e Edinho Canutama (41' 1°). CDC; Betinho (8', 2°) e Val (48' 2°)

Clipper: Ícaro; Carlos Eduardo, Pastor, Luan (Dedimar) e Alberto; Antony, Felipe Boca (Allan) e Raílson; e Kelve (Simi), Edinho Canutama e Jonathan Brunno (Gabriel Renan).

Técnico: Sidney Bento

CDC: Victor; Ridson (Felipinho), Pery, Cronan e Japa (Rafinha); Guga (Euller), Olivaldo, Glemerson (Marinho) e Val; Betinho e Canhoto;

Técnico: Paulo Goiano

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.