Terça-feira, 20 de Outubro de 2020
NOVO CAÇULA

CDC Novo Aripuanã promete time competitivo na Série B do Barezão

Fundado em junho deste ano em parceria com o CDC Manicoré, nova equipe do futebol amazonense que ser mais uma força do interior



WhatsApp_Image_2020-07-27_at_21.50.55_17556CA5-B86C-4B2A-AA04-45A1EFFBC081.jpeg Foto: Divulgação
28/07/2020 às 09:10

O futebol amazonense terá um novo integrante: o CDC Novo Aripuanã, fundando em 1º de junho de 2020 em parceria com o antigo CDC Manicoré. Situado no município de Novo Aripuanã - localizado a 227 km da capital amazonense -, o time leva as cores azul e amarelo e pretende disputar a Série B do Amazonense, que ainda não tem previsão de início. Os principais fundadores do novo time da ‘Terra do Tucumã’ são Mário César, Paulo Goiano e Marcos Paulo.

Diretor do clube, João Pedro falou sobre a criação do novo caçula do futebol baré. Segundo o dirigente de 25 anos de idade, o elenco será composto por atletas amazonenses e outros de fora do estado. Os diretores do Novo Aripuanã pretendem treinar em Manaus, porém, o planejamento está em andamento.



“Nós pretendemos montar um time regional, com atletas locais aqui de Novo Aripuanã, mesclando com alguns das cidades vizinhas como Borba e Manicoré. Claro, queremos complementar com jogadores mais experientes e rodados no futebol brasileiro. Sabemos que a questão financeira é um dos principais aliados de um bom planejamento, para isso temos os nossos parceiros que estão nos dando total apoio para que este projeto dê certo. O que falta, realmente, é a valorização desses atletas regionais”, relatou João, que se inspira em Princesa do Solimões e Penarol (times do interior) visando a elite do Barezão em 2021.


Parte do elenco já tem treinado visando os próximos desafios. Foto: Divulgação

“Nosso principal objetivo é chegar à Série A do Estadual e, aos poucos, se tornar um grande do interior, como Princesa e Penarol. A nossa vontade é tão grande que o nosso pensamento é de um dia poder disputar uma Copa do Brasil ou um Campeonato Brasileiro lá no estádio municipal de Novo Aripuanã. Com esse acesso para a primeira divisão do Amazonense, nosso estádio com certeza será ampliado para receber os jogos”, concluiu o diretor do Tucumanense - um dos apelidos da nova equipe.

O time está tendo apoio total da Prefeitura do Município. O prefeito da cidade, Jocione Souza, diz que a iniciativa em apoiar o projeto é oferecer oportunidades para os jovens da cidade melhorarem de vida.

“A expectativa é que o CDC leve para o cenário o nosso potencial futebolístico. Nós temos muitos jovens com potencial grandioso, que não tem sido revelado. Por outro lado, o esporte para nós é sempre um grande investimento, ele combate a marginalidade, envolvimento com droga, gera oportunidades a grandes jogadores que estão aí escondidos. Quem ganha é um município”, frisou Jocione.

Primeiro elenco

No comando da equipe está o técnico Paulo Goiano, de 52 anos de idade, que comandou equipes como Fast, São Raimundo, CEPE Iranduba, CDC Manicoré e Nacional Borbense.

Um dos jogadores já contratados é Ricardo Boiadeiro, ex-Palmeiras, artilheiro do Campeonato Goiano, vice-artilheiro do Carioca e também campeão goiano pelo Atlético–GO. O goleiro Dida, que atuou pelo Remo-PA, Atlético-AC e na última temporada defendeu o Real Ariquemes-RO, é outro acertado, como Carlinhos, ex-jogador da Seleção Brasileira Sub-20 de ‘Beach Soccer’ e o Diego Siqueira, ex-Internacional.

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.