Sexta-feira, 30 de Outubro de 2020
Cenário

A menos de um mês de retomada, Barezão Sub-19 vive momento de incerteza

Campeonato que estava previsto para ser retomado no dia 5 de setembro poderá ser até cancelado caso clubes e entidade não encontrem meios para atletas fazerem testagem para Covid-19



photo5024287330688673906_A9146C09-A3C4-498C-B67F-C026193EF276.jpg Foto: Daniel Prestes
14/08/2020 às 16:10

O coordenador das divisões de base da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Thiago Durante, falou ao CRAQUE sobre a possibilidade do Campeonato Amazonense Sub-19, paralisado no dia 13 de março em decorrência da pandemia, tomar novos rumos no ano de 2020.

Inicialmente previsto para retomar no dia 5 de setembro, Durante disse que a FAF propôs aos clubes um protocolo que envolvesse testagem em todas as partidas, semelhante ao que acontece nas competições organizadas pela CBF.

“Mesmo que a gente tenha colocado o Campeonato lá para setembro, a Federação estabeleceu que a volta segura fosse com as coisas voltando o máximo ao normal para que pudéssemos retomar com o futebol. Hoje, temos exemplos no Campeonato Brasileiro de vários atletas que estão fora dos times por estarem infectados, jogos cancelados, entre tantos impasses. Então, nós decidimos que iríamos adotar o mesmo protocolo da CBF, com a testagem por jogo, acontecendo antes de toda partida, mas hoje isso também é praticamente inviável para os nossos clubes”, afirmou Thiago.

Thiago explicou que três propostas foram colocadas na mesa para que o presidente da FAF, Dissica Valério, tomasse uma decisão: a primeira é da federação, que propôs testagem em todos os jogos; a segunda é dos clubes, que querem teste antes da retomada, e a terceira é do Tarumã, que quer que o campeonato seja adiado para novembro, quando o clube acredita que terá menos casos de Covid-19 e uma vacina.

Nove clubes disputam o Barezão Sub-19: Manaus, Real Manaus, Iranduba, São Raimundo, Fast, Nacional, Tarumã, Tabosão e o Princesa do Solimões.



Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

30 Out
show_1_A8258414-BC58-4974-AFBF-5FEDFF167A09.jpg

Juíza deixa Comissão de Propaganda Eleitoral no AM

30/10/2020 às 16:31

Magistrada Mônica Cristina alegou questão de foro íntimo como motivo para a saída. Fontes consultadas por A Crítica avaliam que a juíza estava insatisfeita com "algumas coisas" e pela "constante troca de servidores e poucos auxiliares


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.