Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022
ARTES VISUAIS

Exposição ‘Amazônia ao Cubo’, de Hadna Abreu, acontece nesse sábado (4)

Projeto visa estimular a visão, o tato, o olfato e paladar dos visitantes, proporcionando uma conexão com a Floresta Amazônica



Hadna-Abeu-Foto-3-Rodrigo-Valle-1140x570_6001FAFE-FA2A-4EDE-B616-98C3337EE595.jpg Foto: Divulgação
04/12/2021 às 12:22

A artista visual amazonense Hadna Abreu lançará em breve, seu novo projeto, que fará parte da exposição: “Amazônia ao Cubo”. A mostra reunirá ‘Cubos’ interativos, de diferentes tamanhos, que estimularão a visão, o tato, o olfato e paladar dos visitantes, proporcionando uma conexão com a Floresta Amazônica. A exibição das obras acontece a partir desse sábado (4), de 19h às 21h, no Espaço Casa Som Amazônia.

“O projeto é uma união de saberes, tudo muito conectado. Eu fico muito feliz de ter reunido cabeças tão criativas para este time. Eu me sinto realizada e muito confiante. Gosto de fazer tudo muito sensível em minhas obras e esses cubos tem me trazido experiências incríveis com a Amazônia. Foi um ano de muita troca de ideias, muitos testes, pesquisa e produção, foi um ano intenso cheio de desafios para cada um, mas finalizamos o projeto e ele está prontinho para ser experimentado e sentido pe lo público”, comentou Abreu.



Obras

A Floresta Amazônica é a essência das obras, uma inspiração para Hadna. Não se trata apenas de simples ‘Cubos’, eles foram projetados para que o visitante sinta e perceba a natureza, por meio de sons, luzes ou sensores, e outras ferramentas eletrônicas. O projeto reúne formatos cúbicos sensíveis, interativos e animados. “Os cubos são a perspectiva de uma Amazônia viva, vista de dentro para fora. Além disso, há uma magia atraída por sensores de presença, luz e som, algo inovador, com uso de tecnologias inteligente de programação. Um trabalho sensível, interativo e mágico”, enfatizou.

Sociedade dos Cubos

A principal referência do projeto são as pesquisas sobre cogumelos bioluminescentes (que emitem luz), da bióloga do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCT) e também orientadora da exposição, Noemia Kazue Ishikawa. Foi Ishikawa quem apresentou o mundo dos cogumelos para Hadna. Tudo começou a partir da ilustração de um livro. A artista visual ilustrou cinco publicações com orientação da pesquisadora, entre eles: “Brilhos na Floresta” produzido por Noemia em conjunto com outras pessoas que muito agregaram para esse trabalho, como Takehide Ikeda.

A pesquisadora não é a única a contribuir com esse projeto, existe uma equipe totalmente empenhada, que transformou ‘Cubos’, em algo inovador. A trilha sonora fica por conta do músico, violinista, compositor e designer de som César Lima. O engenheiro eletrônico e especialista em energia solar, Ricardo Pinto, também agregou muito valor a esse trabalho conjunto, com uma série de aparatos tecnológicos inspirados numa Amazônia sensível e comunicativa. A cantora, arte-educadora, empreendedora da música, Ellen Fernandes é quem dá “voz aos cubos”, ela é responsável pela voz da floresta.

Visitação

Caso não seja possível participar presencialmente da exposição, os interessados poderão acompanhar tudo, através do site www.hadnaabreu.com e redes sociais. Vídeos, fotografias, textos e outros recursos digitais ou virtuais estarão disponíveis.

Circuito Cultural Amazon

O circuito contará com uma programação multicultural. Além da exposição da Hadna, os espectadores também poderão acompanhar: Apresentação do pocket show musical ‘Batelão da Amazônia’ da cantora Ellen Fernandes e os músicos Anderson Farias (Piano) e Anderson Cerdeira (Bateria); A participação do projeto social ‘Toque a vida pela música’; A exposição de luminárias ‘Reinventa-se Amazônia’ da arquiteta (Design de Interiores) Carolina Campos; O projeto ‘Amazônia Surreal’.

Serviço

  • o quê: Lançamento da Exposição  AMAZÔNIA AO CUBO da artista visual Hadna Abreu no circuito ‘Amazon’ promovido pela Casa Som Amazônia.
  • onde: Espaço Cultural ‘Casa Som Amazônia’ está localizado na Zona Centro-Sul de Manaus, na Travessa Planalto, n.03, Bairro Parque Dez de Novembro.
  • quando: Sábado, 4 de dezembro; 19h00 - 21h00
  • quanto: Gratuito, com agendamento via Sympla: https://bit.ly/circuitoamazon
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.