Publicidade
Eleições
GOVERNADOR

José Ricardo diz que não apoiará ninguém no segundo turno das eleições suplementares

"Nosso compromisso maior é resgatar os avanços conquistados nos governos Lula e Dilma", afirmou o partido 12/08/2017 às 13:31 - Atualizado em 12/08/2017 às 14:01
Show show img0017437986
O deputado estadual foi o segundo mais votado no primeiro turno em Manaus (Foto: Euzivaldo Queiroz)
Tiago Melo Manaus (AM)

Candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) na eleição suplementar para o governo do Amazonas, que ocorreu no dia 6 deste mês, o deputado estadual José Rircardo, que ficou em quarto lugar no resultado final do primeiro turno, anunciou neste sábado (12) que não apoiará nenhum dos dois candidatos que disputarão o segundo turno.

"Nosso compromisso maior é resgatar os avanços conquistados nos governos Lula e Dilma, principalmente a geração de emprego, renda e melhoria da qualidade de vida do povo brasileiro", afirmou o partido, ressaltando que nem Amazonino Mendes (PDT) e Eduardo Braga (PMDB) representam o projeto que o PT tem para o Amazonas.

De acordo com a resolução política, divulgada pelo diretório estadual do partido, a candidatura 'puro sangue' do PT-AM, representada por José Ricardo e seu vice, Sinésio Campos, mostrou que o partido tem um legado expressivo no Estado, tendo alcançado o segundo lugar, com 152,88 mil votos, entre os eleitores de Manaus.

"O legado político conquistado nesta eleição pelo PT, demonstra que uma parcela significativa da população do Amazonas confia nas proposta e na gestão transparente que o Partido dos Trabalhadores defende como forma de governar", afirmou o partido em sua resolução política.

O documento afirma também que, os municípios amazonenses que tenham prefeito, vice prefeito e vereadores do PT, e que tenham interesses motivados por questão regional, devem solicitar à Comissão Executiva Estadual do Amazonas, que autorizará ou não o possível apoio.