Segunda-feira, 21 de Setembro de 2020
INOVAÇÃO

Manauaras lançam arte feita por indígenas no mundo das vendas online

A Uba Brasil nasceu em dezembro do último ano, e nos últimos meses ampliou o alcance das vendas e o oferecimento de produtos criados e inspirados por povos tradicionais



camiseta_E0902D85-0FE7-45DE-8FC9-6101C43BB719.JPG Foto: Divulgação
22/05/2020 às 13:38

O casal manauara Jusley Smaly e Izabel Neta decidiu criar uma plataforma de vendas na internet tendo em sua vitrine uma coleção de artesanato indígena recheada de originalidade e inovação. 

A Uba Brasil nasceu em dezembro do último ano, e nos últimos meses ampliou o alcance das vendas e o oferecimento de produtos criados por povos tradicionais. 



Com envio para todo o Brasil, a lista de itens inclui cocás, miçangas e outros 150 materias feitos por indígenas das etnias Wamiri Atroari, Baniwa e Marajoara, principalmente. Atualmente, boa parte das aldeias destas etnias estão no Amazonas. A Uba Brasil também oferece produtos de povos do rio Xingu, do Mato Grosso.

Um dos criadores da ideia, Jusley afirma que os produtos disponíveis a venda seguem uma linha do tempo e assume uma preocupação em contar isso para quem adquire. "Cada um deles possui uma história narrada para o cliente antes da compra", explica. 

Por exemplo, a bolsa de fibra natural Uambé possui coloração inspirada em um tucano, um dos animais encontrados na Amazônia. 

"A bolsa tucano surgiu em homenagem a uma ave da Amazônia e símbolo da fauna brasileira. Ela possui características marcantes: o enorme bico alaranjado com uma mancha negra na ponta, plumagem escura, destacando-se o papo e o uropígio brancos, além do crisso manchado de vermelho. A quantidade de cores da ave inspira a produção dessa bolsa diversa e colorida", diz a mensagem exibida no momento da compra do produto, que pode ser feita clicando aqui.⠀

A cesta indígena disponível na loja de vendas na internet foi destaque na edição de julho de 2019 da revista Vogue, conhecida por ser uma das principais referências da moda mundial.

Smaly afirma que apesar do período de isolamento social devido a  pandemia de coronavírus,a Uba Brasil não diminuiu o ritmo de movimentação no fluxo de vendas, inclusive, ressalta que 'não parou'. "Não paramos A gente continua trabalhando produzindo conteúdo. Disputamos com lojas grandes, mas temos conseguido vender até pra São Paulo", conta.

Clique aqui e confira a coleção completa de produtos no site oficial, facebook, ou no instagram

 

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.