Sexta-feira, 15 de Outubro de 2021
Julgamento

Caso Portilho: sentença dos acusados pode sair até 23h desta quinta-feira (23)

Portilho foi assassinado em maio de 2017, em uma invasão no bairro Nova Cidade



84492b38-f284-41dd-846c-ce7d9a0b667d_CB9C70D1-560F-4CF6-BA06-7E016EB5F81C.jpg Foto: Reprodução
23/09/2021 às 10:35

O julgamento acusados pelo assassinato do soldado da Polícia Militar Paulo César da Silva Portilho, que já dura três dias, está previsto para encerrar por volta das 23h desta quinta-feira, conforme informou a assessoria desimprensada  do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

O julgamento conta nove advogados, um defensor público e três promotores.

Conforme a assessoria, os debates deste terceiro dia começaram às 9h. A primeira fase de debates deve acabar por volta de 14h30; depois tem intervalo de 1 hora para o almoço. Na volta, pode haver réplica e tréplica. São mais três horas para a votação na sala secreta e a quesitação vai ser demorada.              

De acordo com o juiz do caso, a sentença deve sair por volta de 23h.

O assassinato do soldado Portilho, ocorreu no dia 26 de maio de 2017, por volta de 23h50, na invasão do Buritizal, Bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus. Os réus estão sendo julgados pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver, corrupção de menores e tortura.



Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.