Terça-feira, 02 de Março de 2021
SUSPENSÃO MANTIDA

SES atrasa envio de lista com nomes e Prefeitura mantém suspensão da vacina em Manaus

Conforme a Prefeitura, a lista deveria ser enviada pela secretaria na manhã desta sexta-feira (22). No entanto, a SES-AM enviou somente ao final da tarde



show_show_49704541781_bba868b444_c_889C319B-0651-4F0D-90BC-64D4719BB073.jpg Foto: Divulgação
22/01/2021 às 18:53

O reinício da vacinação contra a covid-19 do restante dos profissionais de saúde de Manaus não foi retomado, conforme havia previsto a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), após ter interrompido a vacinação por um dia, na última quarta-feira (20). Em nota, a Prefeitura informou que o motivo de o reinicio não ter acontecido hoje, foi devido ao fato de a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) não ter enviado a tempo a lista com os nomes dos profissionais de saúde que precisam ser vacinados.

Na última quarta-feira (20), a imunização foi suspensa pela Prefeitura de Manaus, após reunião com representantes da SES-AM e do Ministério Público do Estado (MPE-AM), Ministério Público do Trabalho (MPT-AM), Defensoria Pública do Estado (DPE-AM) e Defensoria Pública da União (DPU-AM), Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) e Ministério Público de Contas (MPC-AM), que estão acompanham os trabalhos da campanha de vacinação.



Conforme a Prefeitura, a lista deveria ser enviada pela secretaria na manhã desta sexta-feira (22), para a separação das doses e planejamento das rotas de distribuição, por parte da Divisão de Imunizações da Semsa. O início do trabalho dos vacinadores, nas unidades, estava previsto para as 16h e a saída dos lotes às 15h, sob escolta policial, já agendada.

Ainda segundo a nota, a vacinação deveria ocorrer em dez hospitais, até as 21h, contemplando exclusivamente profissionais das Unidades de Terapia Intensiva (UTI), classificadas no nível 1 das prioridades estabelecidas entre as duas secretarias de Saúde.

 “O não recebimento da relação nominal dos intensivistas e demais profissionais das UTIs das unidades estaduais, impossibilitando a retomada da imunização na rede de saúde, já foi comunicado aos órgãos de controle, que desde o início da semana acompanham os trabalhos de imunização, tendo recomendado, entre outras providências, que as secretarias forneçam as listas de funcionários já vacinados e a vacinar”, diz trecho da nota. 

A Prefeitura informou ainda que, a única unidade a ser vacinada, nesta sexta-feira, será o hospital e pronto-socorro 28 de Agosto, na zona Centro-Sul, para o cumprimento de decisão judicial, que obriga o município a vacinar os trabalhadores da unidade, dentro do número de doses estabelecido pela SES. Segundo a nota, a relação dos que serão vacinados foi encaminhada à Semsa, por volta das 15h30, e as equipes de vacinadores já seguiram para a unidade.

Lista é enviada

Após o atraso no envio, a SES-AM informou, no início da noite de hoje, que a lista foi enviada.

"Foram definidos onze níveis de prioridade para esta primeira remessa de vacinas envidadas. Numa primeira fase dos níveis definidos, serão atendidos 2.402 profissionais que atuam em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e salas de emergência de dez unidades: hospitais Francisca Mendes, Delphina Aziz, Platão Araújo, 28 de Agosto, da Zona Oeste, Fundação Cecon, Fundação de Medicina Tropical, João Lúcio, Zona Sul e maternidade Ana Braga", disse a secretaria em nota. 
 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.