Segunda-feira, 13 de Julho de 2020
DECLARAÇÃO

'Próximas semanas serão muito mais difíceis', diz diretora da FVS-AM

Na linha de frente do combate à covid-19 no estado, Rosemary Pinto afirma que neste momento a melhor forma de combater avanço do vírus é ficando em casa. AM registrou 255 mortes causadas pela doença desde o fim de março



M_xico-supera-10-mil-casos-de-COVID-19-y-enfrenta-etapa-critica_E08F696D-2B5D-46D1-A4E3-3A2836FD7C76.jpg Foto: Reuters
24/04/2020 às 15:54

A diretora-presidente da Fundação Vigilância em Saúde (FVS-AM) Rosemary Pinto afirmou nesta sexta-feira (24) que as "próximas semananas serão muito mais difícieis". A declaração aconteceu durante divulgação do Boletim Epidemiológico diário sobre o avanço do novo coronavírus no estado. O número de pessoas mortas vitimadas pelo novo coronavírus (Covid-19) chegou a 255 no Amazonas. Casos de pessoas com a doença já somam 3.194.

"As proximas semanas serão muito mais dificéis, teremos aumento no número de óbitos. Então a forma de nos ajudarmos é evitando contato físico, lavando sempre as mãos com água e sabão", recomenda a epidemiologista.



Mostrando vísivel preocupação com a quebra de isolamento no estado, a diretora-presidente alerta que quem está na linha de frente, merece reconhecimento e respeito.

"As equipes de saúde e segurança estão trabalhando exaustivamente, fora do limite. Somos profissionais de linha de frente, etamos adoencendo, tendo baixas, alguns dos nossos estão hoje como pacientes, internados, alguns na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) lutando pela vida e infelizmente é isso", disse lamentando. "Nós estamos sendo afetados, abalados, tanto profissioanis de saúde como da segurança, mas estamos aqui, trabalhando, fazendo a nossa parte, dando nosso máximo pra salvar o maximo de vidas", afirmou.

Em outro trecho, Rosemary foi mais enfática ainda, ao apelar para que as pessoas permaneçam em casa. "A forma que você tem de colabrar e evitar que morramos é ficando em casa, evitando aglomeração, não saindo desnecessariamente. O lugar mais seguro do mundo é a nossa casa. Agora, se saímos e nos expomos à ele, vamos prejudicar os familiares, as crianças, os idosos. Então quero que vocês pensem nessas coisas, e que nos ajudem, pensem quanto sacrificio esta sendo feito", finalizou.

Casos

O número de pessoas mortas vitimadas pelo novo coronavírus (Covid-19) chegou a 255 no Amazonas. Casos de pessoas com a doença já somam 3.194. Os dados foram informados por meio de live da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) nesta sexta-feira (24). 

A grande quantidade de mortos em relação aos infectados elevou a taxa de letalidade da doença no estado para 7,9%. Conforme a FVS, outras 50 mortes notificadas estão sendo investigadas para saber se tem a ver com a Covid-19.

Ainda segundo os dados da FVS, Manaus continua com a maioria dos casos confirmados (77%), com 2.981 casos. No interior do Amazonas, os casos estão distribuidos em 44 cidades, com destaque para Manacapuru, com 247 casos e 14 óbitos, Itacoatiara, com 60 casos e seis óbitos, e Parintins, que possui 55 casos e três óbitos.

A quantidade de pacientes recuperados do novo coronavírus também aumentou, chegando a 1.037 fora do período de transmissão do vírus.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Tudo sobre o Coronavírus



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.