Terça-feira, 14 de Julho de 2020
APOIO

Mais de 4 mil artistas e profissionais se cadastram em mapeamento cultural

Dados vão ajudar a nortear ações de apoio do governo estadual durante a crise do novo coronavírus



photo_2020-04-09_14-34-43_F40974E8-7F1A-4E0C-BEBD-CB2911DF5BF1.jpg Foto: Michael Dantas/SEC
09/04/2020 às 15:48

Desde que foi lançado o mapeamento de artistas no início de abril, pelo Governo do Amazonas, mais de 4 mil artistas, técnicos e profissionais que fazem parte da cadeia de cultura e economia criativa já se cadastraram na plataforma. Os dados do cadastro vão nortear as ações de apoio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa durante a crise do novo coronavírus (Covid-19).

O mapeamento está disponível por meio do Portal da Cultura, onde são requeridos dados socioeconômicos, além de específicos, como o segmento do qual o artista/profissional faz parte, a frequência que realiza as atividades e o tempo de atuação na área. 



Realizaram o cadastro artistas de diversos segmentos, como música, teatro, literatura, artes plásticas, Hip Hop, assim como produtores de eventos culturais, técnicos de iluminação e som, DJs, artesãos, soldador, maquiadores, entre outros profissionais.

Mais de 50% dos cadastrados responderam que atuam há mais de 10 anos em suas respectivas áreas, e a maioria realizava atividades culturais três ou mais vezes por semana. Mais de 60% dos participantes também informou renda familiar mensal de até um salário mínimo.

“A maioria desses trabalhadores é formada por autônomos, pessoas que trabalham por diária e estão sem renda nesse momento. Estamos atentos a isso, trabalhando em várias frentes para tentar amenizar esse impacto causado pelo isolamento social, que é necessário atualmente”, afirma o secretário de cultura, Marcos Apolo Muniz.

Doações

Com os dados do cadastro, o governo distribuiu peixes, frutas, legumes e verduras para artistas em situação de vulnerabilidade. As doações aconteceram na manhã desta quinta-feira (9), no Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho – Sambódromo.

No total, foram entregues 210 peixes, uma média de quatro unidades por pessoa, acompanhados por alimentos como jerimum, cheiro-verde, mamão, banana, couve, abacaxi e pimenta de cheiro.  

Na última sexta-feira (3), também foram entregues 150 cestas básicas para artistas de segmentos como artes cênicas, visuais, plásticas, circo, cultura popular, música, além de técnicos de iluminação, sonorização e produção.

Atendimento

O Governo do Amazonas também lançou, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, canais de atendimento ao artista. A linha direta com a pasta funciona diariamente, das 8h às 20h, por meio dos telefones (92) 3232-5555 e 99177-6442 (Whatsapp), e do e-mail atendimento@cultura.am.gov.br.

Já foram mais de 40 atendimentos por Whatsapp, além de e-mails e ligações sobre dúvidas e informações relativas o edital “Fica na Rede, Maninho” e ao mapeamento de artistas. Também foi registrado uma solicitação de assistência psicossocial, que foi encaminhada ao núcleo psicossocial do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro.

‘Fica na Rede, Maninho!’

Artistas amazonenses ou residentes no Amazonas também podem se inscrever edital “Fica na Rede, Maninho”, disponibilizado pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. O segundo lote terá inscrições de 13 a 23 de abril, que serão realizadas exclusivamente no Portal da Cultura.

O edital selecionará até 300 propostas, divididas em três lotes, nos meses de abril, maio e junho. O “Fica na Rede, Maninho” abrange vídeos nas áreas de Artes Cênicas, Música, Artes Visuais, Audiovisual, Literatura e uma categoria denominada “Outras”, para projetos que envolvam duas ou mais linguagens artísticas, ou que não se encaixem em nenhuma das modalidades na concepção do proponente.

Podem ser inscritos espetáculos e experimentações criativas de circo, dança, teatro, entre outros segmentos ligados às Artes Cênicas; de apresentações musicais; processos criativos ligados às artes plásticas, e também de exposições, instalações, grafite, fotografia, desenhos, pintura, esculturas, objetos, videoarte e artes gráficas; vídeos de narração de histórias e lendas, leitura dramatizada, performances literárias, recitais poéticos, declamação de poemas de cordel; e produções de curtas-metragens de ficção e documentário, dentre outras.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.