Terça-feira, 14 de Julho de 2020
SEXTO ÓBITO

Idoso de 65 anos é a sexta pessoa a morrer pelo novo coronavírus no AM

Paciente estava internado na UTI do Hospital Delhpina Aziz e era portador do mal de Parkinson. Ele sofreu parada cardiorrespiratória e não resistiu



db24d9cc-5305-4132-9690-00c1beef56ac_4016CA6E-6A96-4B8E-B867-00DAFF8C6310.jpg Foto: Sandro Pereira
03/04/2020 às 10:56

O Amazonas possui agora seis pessoas mortes vítimas do novo coronavírus (Covid-19). A vítima, dessa vez, foi um paciente idoso, de 65 anos de idade, que morreu no Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz. Ele estava internado na UTI do hospital e sofreu uma parada cardiorrespiratória por volta das 14h30 dessa quinta-feira (2). O homem era portador de mal de Parkinson.

O paciente havia sido transferido da Fundação Hospitalar Adriano Jorge para o Delphina Aziz no dia 29 de março, e testou positivo para a Covid-19 na quarta-feira (1º).



A equipe médica do hospital, que é referência regional no tratamento da doença, ainda tentou reanimar o paciente diversas vezes, mas ele acabou indo à óbito.

Mortes no AM

O Amazonas registra, até o momento, seis mortes pelo novo coronavírus. O primeiro registro foi feito no dia 24 de março, quando o empresário Geraldo Sávio, de 49 anos, que morava em Parintins e estava internado no Delphina Aziz morreu em Manaus. O segundo caso foi no dia 31 de março, com a morte do músico Binho Lopes, de 43 anos, também no Delphina Aziz. O terceiro caso aconteceu também no dia 31, com a morte de um homem 49 anos, que não teve a identidade revelada, no SPA do Coroado. O dia 2 de abril registrou mais duas mortes, sendo uma delas a do professor da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Maoel Neto, de 50 anos, e a  outra foi de um idoso de 85 anos.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Tudo sobre o Coronavírus



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.