Segunda-feira, 13 de Julho de 2020
COMÉRCIO

Fiscalização orienta sobre medidas de isolamento no Centro de Manaus

Lojas de serviços não essenciais foram fechadas, em cumprimento de decreto estadual. Serviços poderão reabrir de forma escalada a partir do dia 14 de maio. Decisão depende do número de casos de covid-19 no Estado



WhatsApp_Image_2020-05-04_at_11.42.48_E89FB293-57C4-4372-9361-13B1992C2B85.jpeg Foto: Divulgação
04/05/2020 às 14:11

A área comercial do centro de Manaus está sítiada, lojas, restaurantes e bancas de camelôs foram fechadas e ruas interditadas pela polícia nesta manhã e a determinação é que volte a reabrir a partir da segunda quinzena deste mês, conforme informou ontem o secretário de segurança pública Louismar Bonates.

Bonates, a delegada geral da Polícia Civil Emília Ferraz e o comandante geral da Polícia Militar Ayrton Norte comandaram pessoalmente, hoje pela manhã, a segunda fase da operação Fica em Casa que tem como objetivo conscientizar a população a dar cumprimento ao decreto governamental de fechamento de estabelecimentos comerciais e de serviços não essenciais.

De acordo com Bonates, os trabalhos começaram por volta das 5h na área da feira Manaus Moderna onde foram fechados, restaurantes, lanchonetes e bancas de camelôs.

Da área portuária, a operação seguiu para a comercial no centro, nas ruas Marechal Deodoro, Guilherme Moreira, Dr Moreira, Quintino Bucaiuva e outras o de fora fechadas algumas lojas e bancas de camelôs. Nessa área, as ruas foram fechadas e o acesso de pessoas passou a ser proibida. De acordo com o secretário essa situação deve permanecer assim até o final da segunda quinzena.

As autoridades conversaram com a população orientado sobre os cuidados que devem ser tomados para evitar o contágio pelo coronavírus. “O que me chamou a atenção é que muitos dos que não usavam máscaras ao serem abordados mostravam que tinham o acessório guardado no bolso” disse Bonates.

O comandante Norte disse que o “vírus não é brincadeira” e que as pessoas devem ter consciência da gravidade da doença.De acordo com ele, o importante nesse momento não haver mais perda de vida. “Estamos nas ruas para dizermos à população que use máscaras, higienize as mãos, evite contato pessoal e respeite a distância social nas filas de bancos e casas lotéricas. Este é um vírus letal”  advertiu o comandante.



Repórter de A Crítica

Tudo sobre o Coronavírus



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.