Sábado, 04 de Julho de 2020
ÓBITO

Amazonas registra segunda morte pelo novo coronavírus: um músico de 43 anos

Binho Lopes estava internado desde o dia 20 de março, quando deu entrada com febre alta, tosse seca e dificuldades de respirar. O músico deixa dois filhos



cbbdd96e-accd-48d8-9a8e-f44df0410df8_BF5ACE0E-CE70-420B-BDA8-F46F66116C1C.jpg Foto: Reprodução/Facebook
31/03/2020 às 07:35

A segunda vítima confirmada pelo novo coronavírus (Covid-19) no Amazonas é o músico Robson de Souza Lopes, de 43 anos de idade, o "Binho". Ele estava internado no Hospital Delphina Aziz, na Zona norte de Manaus, e morreu na noite dessa segunda-feira (30).

Binho Lopes estava internado desde o dia 20 de março, quando deu entrada com sintomas de febre alta, tosse seca e dificuldades para respirar. Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a perda do músico.



Nascido no Pará, Binho morava em Manaus. Na capital amazonense, teve contato com pessoas de outros estados. O músico, que era asmático na infância, deixa dois filhos.

Por meio de nota, a Secretaria de Cultura lamentou a perda do músico.

"A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa lamenta, com profundo pesar, o falecimento do músico Robson de Souza Lopes, conhecido como Binho Lopes, ocorrido na noite desta segunda-feira (30/03). Ele havia sido diagnosticado com o novo coronavírus (Covid-19).

Binho tinha 43 anos, era tecladista da banda Joy, e estava internado desde o dia 21 de março no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Delphina Aziz, na zona norte de Manaus.

 Apresentamos as mais sinceras condolências a todos os familiares e amigos". 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Tudo sobre o Coronavírus



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.