Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020

Me preocupo com você, está precisando de alguma coisa?

Em um dia de angústia no isolamento, recebi apoio de amigos queridos e me lembrei da música que diz "Ay, qué bonita es esta vida / Aunque a veces duela tanto y a pesar de los pesares"


Hoje acordei um pouco magoada. Fiquei na cama olhando para frente sem ver nada realmente. Mas recebi uma ligação e meu dia mudou. Foi a dona Enoe, eu chamo ela de minha mãe brasileira. Só de ouvir a minha voz, ela ficou sabendo que algo aconteceu e me disse: “Querida me preocupo com você, e muito. Tá precisando de alguma coisa?”.

Não consegui segurar minhas lágrimas e chorei. Minha mãe brasileira ficou calada, aguardando eu desabafar. Ela entendeu que eu precisava aquele instante. Depois falou: “Sei que você está longe de seu país e da sua família, mas não se preocupe não, a gente dá um jeito, tá bom?”.

Me senti acolhida, sempre é assim com ela. Quando eu visito ela em seu apartamento, falamos muito, me repete mais uma vez suas histórias de quando era criança, sua vida de casada e como depois de seus 50 anos, voltou a trabalhar de carteira assinada, porque sua vida “virou cabeça para baixo”. Nós rimos das mesmas piadas, almoçamos e ela segue falando. Quando vou embora, abraço ela muito forte e digo: “Eu te amo, você é a minha mãe brasileira”. Ela fica vermelha e sorridente.

Além dela, nesse dia pela tarde também falei com outro amigo que foi muito solidário. Ele é um profissional que eu respeito, porque além de ser jornalista referência no Brasil, é muito sensível e gente boa. “Você não está só. Vamos superar este momento de apreensão... Tenha fé”, ele me disse.

Então lembrei daquela canção de Alex Fernandez, o cantor mexicano:

"Ay, qué bonita es esta vida

Aunque a veces duela tanto y a pesar de los pesares

Siempre hay alguien que nos quiere

Siempre hay alguien que nos cuida

Ay, ay, ay, qué bonita esta vida ..."

Depois de um mês de isolamento social, bate saudade da rua, de falar olho no olho com os colegas do trabalho, de suas piadas e brigas, das amigas e professores da academia, do cheiro da padaria, de bater pernas no shopping, até dos clientes chatos que nem sabem o que desejam, enfim.

Então, vamos lá! A vida segue em quarentena, a gente está junto e saudável nesta. Eu amo vocês.

Obrigada Deus por mais um dia de vida!


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.