Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020

Gol e American Airlines adiam data da retomada dos voos de Manaus para os Estados Unidos

Os voos sem escalas da companhia de bandeira norte-americana em Manaus foram suspensos em março deste ano em função da pandemia no novo coronavírus.


23/10/2020 às 19:50

A American Airlines adiou de 18 de dezembro para 8 de janeiro a data da retomada dos voos sem escalas de Manaus para Miami. O adiamento ocorreu em função das restrições de entrada de turistas brasileiros nos Estados Unidos. Os voos sem escalas da companhia de bandeira norte-americana em Manaus foram suspensos em março deste ano em função da pandemia no novo coronavírus.

As passagens dos voos de Manaus para Miami chegaram a ser vendidas pela American Airlines, conforme o blog Tudo Viagem no A Crítica divulgou com exclusividade no dia 22 de setembro deste ano. Quem comprou as passagens poderá remarcar o voo para janeiro do ano que vem ou para outra data sem o pagamento de taxas ou multas.

A American Airlines está vendendo passagens de Manaus para Miami por R$ 2.132,20, valor com taxas incluídas, para viagem no mês de janeiro do ano que vem. (Veja detalhes na imagem abaixo). Para outras datas nos meses de fevereiro e março de 2021 é possível encontrar passagens aéreas promocionais para Miami.

Garanta aqui passagens de ida e volta de Manaus para Miami por R$ 2.132,20

Voos para Orlando

A Gol tambpem adiou os voos de Manaus para Orlando que estavam previstos para serem retomados em dezembro deste ano. A companhia chegou a vender as passagens dos voos que seriam operados aos sábados. A Gol informou que pretende voltar a operar nesta rota a partir de março de 2021, mas no site da companhia as passagens não estão disponíveis para compra.

 

Garanta aqui passagens de ida e volta de Manaus para Miami por R$ 2.132,20

 

Pretende viajar para outro destino? Garanta aqui voos nacionais para embarque em Manaus por R$ 715

 

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.